Sting, o novo tiro do Stellar


Quando o Stellar debutou, ninguém dava um centavo para elas. Não sei como alguém esperava sucesso com Rocket Girl, tudo bem que é uma música divertidinha, mas o uso excessivo de autotune deixavam os vocais delas eram péssimos (é sério, veja a apresentação de estreia delas e me diga se não sente vergonha alheia).

Graças a Deus elas largaram o conceito "Bizarras da Galáxia", prestaram atenção nas aulas de canto e pisaram fundo no conceito sexy, abusando de foques e coreografias ultra sensuais para deixar até homens gays e mulheres héteros babando. Infelizmente, não foram todos que se sentiram conforme o esperado.

Teve uma turminha (em grande escala, aliás) que fuzilou as garotas do grupo via comentários maldosos na internet. Afinal, não são todos que gostam de ver ousadias sem limites em um clipe musical. Por mais que as músicas fossem boas, muitas pessoas se sentiam desconfortáveis diante à tal exposição.

Aí o pessoal se divide em dois grupos. O primeiro é o das boas pessoas, que simplesmente ignoram aquilo que acabaram de assistir e deixam o clipe de lado para ouvir/assistir ao que gostam e preferem. Infelizmente, a maioria estava no segundo grupo: os chatões que adoram fazer um escândalo e pregar ódio gratuito nas redes sociais. QUAL A NECESSIDADE DISSO?



Pensando nos mimimizentos de plantão e, claro, na grana que podem gerar ao atingirem um público maior e conquistarem mais fãs, as meninas estão de volta com Sting, um MV que conseguiu manter o conceito sexy das garotas, mas implicitamente e envolto em uma estética maravilhosa.

Não precisa nem prestar muita atenção para perceber que a mensagem vai muito além da sensualidade que elas passam nessa sua fase do grupo, falando também sobre a invasão de privacidade (as setas que apontam para o corpo delas, o fotógrafo que não cansa de tirar fotos sensuais, uma câmera escondida no espelho) que deve estar sendo bem constante para as garotas.

Não só isso, as setas também são quase que um tapa na cara dos haters, deixando no ar o quanto elas se sentem incomodada com os comentários maldosos que recebem. A pessoa que pensou nisso tá de parabéns, viu?

Enquanto isso, a letra da música é sobre um relacionamento que não está dando certo e as meninas falam algumas verdades para namorado que, ao que parece, está em um outro caso. "Minhas palavras te fazem sentir algo? Você se sente culpado? Está cansado do nosso relacionamento? Você não consegue disfarçar, está na cara."  

Na minha humilde opinião qual ninguém dá a mínima, este foi o tiro mais certeiro da carreira do Stellar. Digamos que eu talvez seja suspeita a falar sobre, já que eu adoro vídeo clipes que possuem essa pegada mais caseira e acompanhada de um bom retrô.


#RIPjoaninha

Também preciso confessar que gostei bem mais dessa versão da sensualidade das garotas. Ficou mais gostoso de assistir, ganha um ar mais provocante por ser algo mais subentendido. Para mim, coisas explícitas tornam-se um pouco cansativas e sem graça. Preferi mil vezes assim!

Além de que, mais uma vez, elas conseguiram acertar com a música, que ainda se manteve no mesmo estilo das anteriores. Esse MV poderia muito bem ser um hit dos anos 90 se lançado na época. Para quem está curioso sobre a coreografia, já que elas não mostraram quase nada no clipe, fique a vontade para assistir a apresentação de Sting no showcase e conferir o quanto elas mandaram bem até nisso!

Só espero que não não enfrente o flop novamente, odiaria ver essa música caindo no poço dos hinos que foram apenas mais um zero à esquerda. A empresa delas precisa apostar em uma divulgação suprema para cativar de uma vez por todas o público do grupo e não deixar elas caírem no esquecimento.


O que vocês acharam de Sting? Qual a sua opinião sobre o Stellar? Gostaram dessa versão mais "light" do grupo ou preferem a sensualidade explícita e descarada dos MVs anteriores? Deixem suas respostas e opiniões nos comentários, estarei ansiosa para ler!

Caso tenha gostado do grupo, recomendo que curta suas fanbases nacionais no Facebook: OT4 - Stellar, Stellar Space Brasil.

Veja também

6 comentários

  1. Eu acho que elas deviam continuar assim, essas pessoas que as criticam por causa da "exposição" são ridículas, vê-se menos no video do que numa praia, esse grupinho de haters não deve ir à praia com certeza se nunca viu tanto, não entendo qual é o choque, elas estão ali a "sensualizar" para mostrar como sabem que são bonitas e se for preciso para encorajar muitas meninas a serem confiantes (a mensagem da música também ajuda a isso de certa forma, para as meninas serem diretas e não ficarem caladas e submeter-se aos homens).
    Vou interpretar a cena da joaninha a morrer (#RIPJoaninha) como a joaninha sendo os haters que podem ser deitados abaixo com uma só palmada hahaha XD

    Unicorns & Chill
    União dos Blogueiros Geeks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro tirar um sarro do debut das garotas, mas a verdade é que acompanho elas desde aquela época. Vi o quanto elas erraram no quesito música, mas também vi o quanto elas aprenderam com esses erros e o quanto estão sempre dispostas a tentar de novo, melhorando cada vez mais e mais, conquistando públicos maiores e fazendo mais sucesso.

      Concordo com tudo o que disse. Haters são um dos piores tipos de pessoas, sabe? Eles caçam qualquer motivo para iniciar uma "treta" na internet, buscam qualquer informação mínima para tentar causar um escândalo, mas tudo isso só acontece porque a mídia está sempre em cima deles e dá atenção a comentários desse tipo. Se as pessoas apenas ignorassem esses bocós, a internet seria um lugar mais lindo de se viver e os grupos femininos que usam do conceito sexy não teriam que passar por essa babaquice toda.

      ADOREI o modo em que você interpretou a cena da joaninha, não havia pensado desse jeito, mas faz todo sentido! Arrasou!


      Beijos~

      Excluir
  2. Achei legal a musica delas devo dizer que não conhecia elas ainda, mas tenho que me acostumar com o clip, adoro os clipes desses grupos sempre tem tanta informação, e vc ainda pode interpretar como você entende ja que se trata de musica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Eu gosto muito desses clipes que tem uma historinha para você analisar, e não esses em que as integrantes ficam apenas dançando. Gosto de ver mais conteúdo em um grupo além de canto e dança, e esse MV me conquistou por isso. <3

      Excluir
  3. u-u aff, pelo amor de deus! Eu fiquei 100% sumida porque rolou muitas tretas BUT, eu acompanhei tudo ♥ ENFIM, enfim u3u Eu não sou muito ligada ao kpop em geral, e só estou conseguindo ser por conta desse blog lindo ♥ -q Então eu não tenho uma opinião muito concreta, mas concordo com você que usar muitos efeitos na voz e depois ver uma coisa tototalmente diferente é bem desagradável, e sobre os comentários dos haters, isso vai ter em qualquer lugar, e sempre pra criticar algo que nem todo mundo da importancia.
    Eu espero que as meninas consigam elevar e fazer sucesso porque eu curti a música e o clipe delas e verdade.
    Sekai Bakawaii

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu tenho que dar uma passada no seu blog, faz uns dias que não entro lá, sos! Vou deixar meus comentários por lá também. <3
      Adoro ser a mediadora de kpop para vocês, sério ♥ eu acho ridículo essa coisa de usar efeito na voz, na apresentação que marquei na postagem dá pra ver que naquela época (2011) elas não sabiam cantar MESMO, estava horrível, mas hoje em dia elas melhoraram tanto. É um orgulho <3 mas uns haters são um chiclete na sola do sapato mesmo, ficam criticando por qualquer coisinha e tentando abalar as meninas, mas elas só voltam cada vez mais fortes, amo.

      Eu amei MUITO essa música e clipe novos delas, de verdade, está tudo tão maravilhoso, elas evoluíram tanto. <3

      Excluir