RESENHA: Cada Um na Sua Casa


Olá, pessoas! 2015 foi um ano maravilhosa para as animações, nenhuma das que assisti me decepcionaram, apesar de terem sido um tanto ofuscadas pelo sucesso de Divertida Mente (com direito, afinal este filme ultrapassou todas as expectativas). Um que acabei assistindo recentemente via Netflix foi Cada Um na Sua Casa, e gostei tanto que achei digno criar um post para falar sobre essa belezura com vocês.
Título Original: Home
Direção: Tim Johnson
Produção: DreamWorks Animation
Distribuição: 20th Century Fox
Lançamento: 2015, Estados Unidos


O planeta Terra foi invadido por seres extra-terrestres, os Boov, que estão em busca de um novo planeta para chamar de lar. Eles convivem com os humanos pacificamente, que não sabem de sua existência. Entretanto, um dia a jovem adolescente Tip (Rihanna) encontra o alien Oh (Jim Parsons), que foi banido pelos Boov devido às várias trapalhadas causadas por ele. Os dois logo embarcam em uma aventura onde aprendem bastante sobre as relações intergalácticas. (Sinopse via: Adoro Cinema)

Quem me conhece ou conhece meu blog sabe o quão apaixonada por animações eu sou, ainda mais se tiver um personagem super fofo e engraçadinho, aqueles feitos para cativarem a todos e vender brinquedos, sabe? Eu sou dessas que morrem de amores por estes, e Oh foi a minha paixonite nesse filme.


A criaturinha dá um show de animação e, desengonçado como só, sempre acaba se metendo em encrenca e arrastando seus colegas junto. Ele acaba sendo o ignorado da turma, ninguém quer estar perto dele ou fazer amizade pois sabe que dá ruim, mas aqui na Terra nosso pequeno acabou conhecendo a garotinha Tip, e juntos eles descobrem significados de conceitos importantes como a amizade verdadeira.

As emoções também são muito presentes nesse filme, pois os nossos boovs mudam de cor conforme o que estão sentindo. Em geral, são roxos, mas podem variar também para tons vermelhos ou rosados. Assim, acredito que fique mais fácil para as crianças começarem a entender também um pouco sobre a raiva, medo, vergonha, mentira e etc, assim como quanto isso afeta nossas vidas - além de ter dado um ar ainda mais meigo ao longa.


Acho interessante ressaltar a parede de preconceitos quebradas por esse filme. Mesmo nas animações, é comum a personagem principal ser uma loirinha que se encaixe naqueles padrões ultrapassados, mas em Cada Um na Sua Casa nos deparamos com uma negra de cabelos cacheados como protagonista. Arrasou, Dreamworks!

Como a maioria dos filmes deste gênero, fala muito sobre amizade e família, sendo algo agradável para todas as idades e para curtir um tempo bom com aqueles que moram sob o mesmo teto que você. Chame seus pais, irmãos, tios e amigos e não deixem de conhecer as aventuras de Oh e Tip.  É um programa para família toda e ninguém irá se arrepender!



Veja também

8 comentários

  1. Confesso que sou fã de animações fofinhas e esta parece ser uma delas, e tento no Netflix facilita muito para assistir. Beijos e gostei da dica deste filme

    http://www.umagarotachamadasam.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sam! Obrigada pelo seu comentário. Realmente, essa animação é muito fofa, assista e tenho certeza que será de seu agrado!

      Beijos. <3

      Excluir
  2. Olá. Gente, assim que saiu a sinopse desse filme já estava louca para ver. Também sou apaixonada por animações, principalmente as que conseguem ser divertidas, mas ao mesmo tempo transmitirem emoções como foi o caso de Cada um na sua casa. A dreamworks esta cada dia se superando mais quando o assunto é animação de qualidade. Amei o Oh e, principalmente as interações com a Tip os dois eram muito fofos juntos. É claro que, sendo uma cacheada, amei aquele cabelo da Tip. Por mais animações com cacheadas, negras, morenas, asiáticas, enfim com todas as etinias.

    Obs: Respondi seu comentário lá no meu blog desculpe a enooorme demora http://clubeasia.blogspot.com.br/2015/01/love-cells.html?showComment=1456249679333#c1175285652152035448

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Esse filme é maravilhoso, assim como animações em gerais são super apaixonantes, né? Impossível não ter um amor por ela, ainda mais quando envolvem tão deliciosamente essa relação entre emoção x diversão, e passa de um simples passa tempo a uma lição de vida.

      A Dreamworks nunca me decepcionada, fiquei muito feliz com Cada um na sua Casa, a amizade entre Oh e Tip é tão sincera e gostosa de assistir. <3 Por protagonistas de todas as etnias em animações e filmes, por um mundo em que a diversidade seja respeitada e garanta seu espaço! <3

      Passei por lá, tá? Obrigada por me responder, e não se preocupe com a demora. Beijos!

      Excluir
  3. É verdade, é bem difícil encontrar uma protagonista negra em animações, pelo menos puxando pela memória não lembro de nenhuma... Eu adoro animações, sou apaixonada também, mas essa ainda não vi. Está na minha listinha :) Beijos!

    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se há alguma em outra produtora, mas pelo menos na Dreamworks consigo te afirmar que Cada Um na Sua Casa foi a primeira animação com uma protagonista negra. Um passo a mais rumo ao fim de tanto preconceito, né? Muito gostoso isso. <3

      Assista quando der, Dai! Tenho certeza que irá se apaixonar, assim como eu!

      Beijos. <3

      Excluir
  4. Esse filme é tão fofinho, uma das minhas animações favoritas, a mensagem que ele transmite é muito bonita.

    Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bonita mesmo, né Paloma? Estou super apaixonada por essa animação, vale a pena ver e rever.
      Beijos e obrigada pelo seu comentário!

      Excluir