As melhores cenas de Stranger Things


A produção original da Netflix conquistou um público imenso com suas referências aos anos 80 e um elenco mirim incrivelmente incrível, sendo provavelmente o lançamento mais querido entre os fãs de séries no ano de 2016. O Elfo Livre separou então as melhores cenas dessa primeira temporada maravilhosa, para poder matar a saudade enquanto os novos episódios não chegam. Se você ainda não assistiu, talvez seja melhor deixar para ver esse post outra hora pois contém spoilers.


Pensei em deixar essa cena para o final e encerrar com chave de ouro, mas vamos fugir dos clichês e já abrir o post com o que há de melhor em Stranger Things: Dustin. Nessa cena, Eleven salvou o Mike que estava sendo perturbado por algumas crianças da escola. Depois de botar todo mundo pra correr, a fofura em pessoa (aka Dustin) solta um "ela é nossa amiga e ela é louca", tornando-se a frase preferida pela maioria dos fãs da série. Dá pra aguentar essa criançada linda? <3 


Ainda nas loucuras que a Eleven (ou Onze, como preferir) consegue fazer, quem não ficou de boca aberta quando ela virou uma van durante a fuga no episódio sete? Isso foi no mínimo foda demais e ela só estava na garupa da bicicleta do Mike. 


E se tem uma coisa com a qual nos identificamos nessa série, é a fome infinita da Eleven. Toda suja, sem peruca e com vontade de comer seus queridos waffles, a garota entra em um supermercado como quem não quer nada e simplesmente sai de lá com o que queria. Crianças, não repitam isso, mas convenhamos foi uma cena supimpa. 


E lembram quando o Mike tentou explicar para a Eleven o que é um amigo? O discurso estava lindo, maravilhoso, mas tivemos o pitaco dos outros meninos para trazer aquele humorzinho gostoso. Para um amigo, "você empresta suas coisas legais, como HQs e cards". Errados eles não estão.


Até porque as definições de amizade do Mike precisam ser atualizadas depois de roubar aquele beijão da coleguinha, hein? Amizade colorida, só se for.


Precisamos falar sobre Lucas. Desde o princípio ele foi meio incrédulo e desconfiado em relação a garota, conquistando a apatia da maior parte do público - e seria hipocrisia minha dizer que não estou nesse meio. Entretanto, vamos lá, ele foi o personagem mais pé no chão. Imagine-se: seu amigo está desaparecido e você acaba de conhecer uma garota de poucas palavras perdida na floresta. Confiaria logo de cara? 

Ele não confiou, mas aos poucos foi se rendendo aos encantos da menina, ainda mais após ela se demonstrar de grande ajuda e salvá-los. Nesse momento, acredito que os corações gelados de ao menos alguns fãs começaram a se derreter por ele. 


Que linda a sua decoração de Natal, senhora Byers... não, pera. O primeiro contato da Joyce com o seu filho foi emocionante. Ela sentadinha dentro de um armário, com um emaranhado de luzes nas mãos e sorrindo como não fazia há dias, tem que ser muito antipático para não se comover com ela.


Mas lembremos que os personagens não tem a mesma perspectiva que nós temos da história. Essa coisa de conversar com o além é um pouco difícil de engolir quando dita assim, do nada, e para o Jonathan foi preciso "ver para crer". A cena em que ele e sua mãe discutem sobre isso no meio da rua é de longe uma das melhores de Stranger Things e mostra a incrível atuação de ambos.


E já que falamos da Joyce... Ok, todas essas luzes são maravilhosas e dá vontade de imitar, enchendo a casa de pisca-pisca, mas já pararam para pensar no quão bizarro é usar luzes e uma parede ouija meio Poltergeist para se comunicar com seu filho que está preso no mundo invertido? Eu que não gostaria de estar na lugar dessa mulher. Haja força! 


Voltando ao Jonathan, apesar de uma demora para aceitar os fatos, ele (juntamente a sua paixão por fotografia) foi uma das chaves essenciais para ajudar a desvendar o que estava acontecendo, quando, acidentalmente, capturou algo "estranho" por suas lentes. 


Cenas fortes. Ainda no mesmo episódio, pouco após Jonathan tirar fotos à espreita (e enquanto Nancy e Steve estão em momentos quentes, aliás), nossa amada Barb foi devorada para o mundo invertido sem dó nem piedade, sendo a personagem mais injustiçada de toda a série. Demogorgon, nem pra levar o Steve em vez dela?


Convenhamos que colecionar fotos de alguém sem que a pessoa saiba pode não ser lá uma coisa muito certa de se fazer, mas a cena do Steve quebrando sua câmera e rasgando as fotos reveladas foi de partir o coração - e querer partir a cara dele. Definitivamente não gosto desse cara.


Como não gosto do Steve, alguns de vocês já devem ter imaginado que eu shippo a Nancy com o Jonathan, não é mesmo? Pois bem, vocês acertaram. Os dois se uniram por uma causa nobre e merecem ficar juntos, por favor, é muita química pra um casal só. Ou vão me dizer que não sentiram nada na cena em que eles dormem juntos?


Mas como tudo tem salvação, o Steve ainda vez alguma coisa que preste na cena contra o Demogorgon. Sua inocência quanto ao mundo invertido e seus gritos desesperados deram um tom cômico ao nervosismo do momento. Mesmo depois de tanto inutilismo, ele ainda serviu de grande ajuda para derrotar o dito cujo. É, parabéns.


O Will consegue voltar para a casa, momentos de alegria e felicidade, tudo muito lindo e maravilhoso, mas não pode acabar assim, né? No último episódio, cena dele no banheiro (apesar de um pouco esperada) já deixou aberto um arco para a segunda temporada. Quem mais está com o coração na mão aí?


Para encerrar o post, não poderia faltar a frase mais épica já dita pelo oficial Hopper, da qual muitas pessoas concordam: Manhãs são para café e contemplação.

Para falar a verdade, todas as cenas de Stranger Things são as melhores cenas de Stranger Things.

Veja também

4 comentários

  1. Eu realmente não sei como você conseguiu escolher cenas favoritas, porque como você disse no fim do post, todas as cenas são cenas favoritas! Eu mesma colocaria todos os episódios completos e ai sim poderia dizer que são minhas cenas favoritas. haha
    E pode me julgar, mas eu adoro o Steve. <3 kkkk


    Relíquias da Lara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não consigo gostar do Steve, juro que eu tento, mas esse garoto não me desce! Não vou te julgar por isso, mas prossigamos com os comentários hahaha realmente, não foi nada fácil escolher apenas algumas, quando percebi já tinha passado de dez cenas e era IMPOSSÍVEL tirar sequer uma dessas sem sentir dor no coração, o post ficou grande mesmo, fazer o que né? HAUHAUAH

      Beijos!

      Excluir
  2. Stranger Things é uma série incrível, com cenas incríveis e personagens mais ainda! Eu não sei como você escolheu apenas algumas já que a série toda foi maravilhosa, mas a primeira coisa que eu lembro quando eu penso na série é do sorrisinho muito fofo do Dustin <3 Fiquei impressionada quando eu descobri que ele não tem oito anos! Enfim, essa série é tudo de bom e mal posso esperar pra assistir a próxima temporada! E por sinal, adorei as suas escolhas!
    Ah, eu também não vou muito com a cara do Steve. Não entendi o porquê da Nancy continuar com ele, mas fazer o que né!?
    Beijos ^3^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Stranger Things é uma série incrível, com cenas incríveis e personagens mais ainda! (2)
      Também sempre penso no sorriso do Dustin quando me falam de Stranger Things, é impossível não lembrar dessa miniatura de fofura, né? Melhor personagem - e um ator super talentoso, tão pequeno, mas talentoso! Estou super ansiosa para voltar a vê-lo (e o resto do elenco) na próxima temporada, mal posso esperar.
      Fico feliz que tenha gostado e por favor, me abrace, não consigo gostar do Steve e fiquei com uma raivinha da Nancy por terminar a temporada com ele, mas ainda temos muitos episódios pela frente para que ela perceba que o Jonathan é o cara perfeito hahaha.

      Beijos!

      Excluir