A Bela e a Fera traz a magia do clássico com perfeição

by - março 16, 2017


Com muita competência e qualidade, o recém lançado live-action de "A Bela e a Fera" traz a magia do clássico animado da Disney de volta aos cinemas. Com direção de Bill Condon e Emma Watson, Dan Stevens e Luke Evans no elenco principal, somos apresentados a uma adaptação encantadora, significante e atual.

A história já conhecemos do início ao fim, poucas são as mudanças em seu desenvolver e em nada prejudicam o desfecho, muito pelo contrário, acrescenta à delicadeza e fascinação que esse universo mágico nos proporciona. Mesmo sem grandes alterações, apresenta certa contemporaneidade pela personalidade de Bela, que sempre fora avançada para a sua época, e Emma Watson representa bem a importância desse papel.


A "esquisita da vila" não pensava em se casar - apesar do pretendente ser, supostamente, o maior partido do local - ou continuar seguindo a vida que tinha naquela cidadezinha pacata. Bela mergulhava em livros e ensinava crianças a ler, queria viajar, conhecer a Paris que tanto ouvia falar, ser independente e feliz. 

Ao descobrir que o pai estava em perigo ao ser preso em uma cela em um castelo afastado, capturado por uma fera assustadora e má, não pensa duas vezes em oferecer-se a ficar em seu lugar apenas para garantir a liberdade e bem estar de seu velho homem, tão dócil e bondoso que metera-se nesta situação apenas por querer presentear a filha com uma rosa.


Mas, como sabemos, a tal "fera" nem é assim tão feroz, apenas fora encantada por uma feiticeira por um erro que cometera e, agora, ele e todos os moradores do palácio pagavam por este. A aparência feia e ações precipitadas como surtos raivosos escondem um coração bondoso, arrependido e que já perdera as esperanças de encontrar alguém que fosse capaz de amá-lo para, por fim, acabar com aquele feitiço cruel.

Com a ajuda dos objetos animados e simpáticos, Bela percebe que é muito querida naquele lugar e reconhece as qualidades daquele que já não era tão mau. Jantares dançantes, livros à mercê e uma boa e desajeitada companhia caminham para aquele final que tanto adoramos, mas os dramas e malevolências de Gaston e sua trupe de imbecis retrógrados trazem a ação que faltava nesse romance diferente.


O vilão continua egocêntrico e apaixonado por si mesmo e por seu topete horroroso, mas seu fiel companheiro, LeFou, carrega consigo uma novidade ao longa: a homossexualidade. Sempre ao lado do garanhão da trama, desenvolve por ele sentimentos platônicos que demonstra apenas em indiretas e meias palavras. Suas cenas trazem trazem um ar cômico por sua graça ao dançar, olhar e falar, mas o tema é tratado de forma tão sutil que todo o alarde retrógrado causado torna-se ainda mais desnecessário, enquanto sua presença faz-se cada vez mais importante, justamente a fim de "destabulizar" o assunto.


Comentando em nível de produção, cada pequeno detalhe mostra-se impecável. Cenografia, fotografia, coreografia, roteiro, trilha sonora, sonoplastia, casting, figurino, cabelo, maquiagem, efeitos visuais... a cada canto que se observe é perceptível o esmero que tiveram ao retratar a obra de 1991, muito homenageada principalmente nas canções e seus elementos mágicos, todos muito bem reproduzidos. 

Aos fãs desse conto de amor além das aparências físicas, um grande presente.

Veja também:

18 comentários

  1. tudo que Emma Watson está é incrível, mano... aaaaaa to louca pra assistir esse filme!
    beijos, sôzoca :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emma Watson faz qualquer coisa ficar maravilhosa, então imagina ela em um filme que já é incrível por si só? Perfeição na certa!
      Assista assim que puder, nenhum arrependimento. <3

      Beijoss!

      Excluir
  2. Não tive oportunidade de ir ainda... tenho muito ainda daquilo hum tal filme vou ou não vou, mas pela resenha vi que esse é um dos que devo ir e pensar "eu devia ter ido assistir antes"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Fábio, quando tiver a oportunidade vá sim!
      Estava tão ansiosa para ver esse filme que acabei indo na pré-estreia mesmo, e olha, valeu a pena! Que filmão!

      Excluir
  3. Essa resenha diz tudo!

    A única coisa que me deixa triste é que muitas pessoas foram assistir A Bela e a Fera não por sua história, seus encantos, as frustrações de um homem preso em uma magia e sem esperanças de quebrar um feitiço que parecia inquebrável, não. Muitas pessoas foram assistir ao live-action por causa de UMA única atriz. Isso deixa meu coração despedaçado. A Emma Watson tem todo meu respeito pela atuação impecável nesse filme, mas as pessoas que não tem um pingo de amor pela clássica história da Disney me deixam extremamente triste.
    "A Bela E A Fera" é uma história para se aproveitar do primeiro ao último segundo, por mais que ainda exista a história da Cinderella, Branca de Neve, Bela Adormecida e muitas outras encantadoras, nenhuma compete ou se iguala à essa. Sempre, desde muito novinha, sou apaixonada por essa história, sou defensora com unhas e dentes deste maravilhoso clássico e agora não é diferente. As pessoas precisam se apaixonar pelo enredo, se deixar levar pelo texto, pela história, pela magia retratada. Um filme não se faz com apenas uma atriz, precisa de. Elenco imenso, de pessoas por trás das câmeras, dos makes, cenografia e tudo o que envolve uma produção de grande porte. Quando as pessoas começarem a entender isso, elas passarão a admirar o trabalho que um time inteiro conseguiu criar.

    Karol minha flor: resenha perfeita... Minha crítica é para aquelas pessoas que não conseguem enxergar um todo e sim apenas uma pessoa de um elenco maravilhoso, incrível e imenso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taty, meu anjo, obrigada pelo comentário. Sempre tão bom te ver por aqui. <3

      Isso já era de se esperar. Quem nunca assistiu a um filme só porque tinha um ator que gosta? Eu mesma faço isso direto e, mesmo sem saber nada sobre aquele filme, muitas vezes acabo me tornando fã da história. Infelizmente, não é com todos que isso acontece e é aí que concordo com você: é extremamente desrespeitoso e grosseiro resumir toda a produção impecável de um filme a apenas uma atuação, ignorar todo o resto para enaltecer apenas uma pessoa em meio a tantas outras que fizeram o filme acontecer.

      Assistir a um filme apenas por gostar de tal ator/atriz que faz parte do elenco: ok.
      Resumir-se a enxergar apenas isso e não prestar atenção/desvalorizar outros elementos: micão.

      Excluir
  4. Oi Karol!!
    Amei a resenha, fez com que eu ficasse ainda mais ansioso para assistir o filme desse grande clássico.
    Espero que seja um sucesso de bilheteria.

    Abraços!!

    http://johnfernandoitnw.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, John!
      Obrigada pelo comentário, espero que possa assistir o quanto antes. É um filme que vale super a pena conferir nos cinemas e com certeza será um sucesso de bilheteria.

      Abraços!

      Excluir
  5. Oi Carol!

    Tudo bem?
    Desculpa o sumiço e não ter aparecido aqui!! ><

    Então, não vejo a hora de assistir esse filme, muitas pessoas já comentaram que é lindo! Pena que ainda hoje é segunda, espero que chegue logo o final de semana! T^T

    Kiss

    Tsuki no Shita
    matcha Tea.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pam! Tudo bem sim, e com você?
      Imagine, venha quando puder, querida. <3

      O filme é maravilhoso, também espero que chegue logo para que você possa assistir. Não vai se arrepender nem um pouco de ter esperado para poder vê-lo! <3

      Beijos.

      Excluir
  6. Oie Carol!
    Adorei sua resenha!!! O filme realmente é muito bom, dá muita vontade de ver novamente, e de novo, e de novo...
    Beijos!!!

    http://www.eupraticolivroterapia.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Karla! Tudo bom?
      Fico muito feliz que tenha gostado! Também estou super a fim de ver de novo, mas infelizmente ($$$) não dá, né? Aguardando ansiosa pelo lançamento do DVD.

      Beijos!

      Excluir
  7. Eu to louca pra assistir esse filme, mas infelizmente, diferente de Cinderela, eu não vou conseguir ir ao cinema dessa vez por certas que$$stões. :( Mas assim que sair um torrent decente eu vou tratar de assistir e quando lançar em dvd vou comprar com certeza!


    Relíquias da Lara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, sou seu contrário nessa, Cinderela eu não consegui ver no cinema. Infelizmente temos essas que$$$tões para nos atrapalharem, né? Espero que você consiga assistir logo! <3

      Excluir
  8. Resenha super bem feita como sempre! Já tentei ir assistir duas vezes mas aí surgem problemas e eu não consigo ir >.< Vou acabar vendo sozinha mesmo, quero nem saber haha. Esse filme parece ser perfeito em todos os sentidos. Parabéns pelo post e bjs :x

    Blog Meu Aleatório

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fer, sua linda, sempre com comentários lindos. <3
      Não fique esperando os outros não, quando surgir a oportunidade de ir nem que seja sozinha, vá! Esse filme faz valer a pena.

      Beijos e muito obrigada!

      Excluir
  9. Então, fui sozinha mesmo haha Filme perfeito! Muito bom terem feito essa live action relembrar para as pessoas a mensagem dessa história :)

    Blog Meu Aleatório

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falei, o importante é ir, menina! Um filmão desse não pode se perder só por falta de companhia, haha. <3

      Excluir