A Princesinha de Vader ataca com o lado fofo da força

by - março 22, 2017


A Princesinha de Vader é um comic book de autoria de Jeffrey Brown, lançado no Brasil pela maravilhosa Editora Aleph em 2015. Traduzida por Mateus Duque, essa história de Star Wars nos traz o lado fofo e paternal da força ao imaginar Darth Vader criando Leia e Luke, tendo também um outro livro dedicado ao garoto, "Darth Vader e Filho".

O vilão sombrio precisa equilibrar suas responsabilidades com o império e a missão de lidar com a pré-adolescência de Leia, que apesar de doce, sempre foi rebelde. Os quadrinhos retratam de forma divertida a dicotomia em ser o braço direito do Imperador e um pai solteiro e dedicado.


Desde ensiná-la a escovar os dentes a encarar os primeiros problemas amorosos (com direito a participação especial de Han Solo em cena), poder esconder esse novo lado de Vader que se encaixaria entre os episódios III e IV é, no mínimo, cômico - e essa graça garantiu-lhe o prêmio Eisner na categoria "melhor publicação de humor".

Os traços são delicados, típicos de produções voltadas para o público infantil - talvez uma oportunidade de fazer as crianças de hoje em dia interessarem-se por literatura e Star Wars ao mesmo tempo? Eis a dica aos papais. Estes, já fãs da famosa saga, divertem-se sob novo olhar com as referências ao longo das 64 páginas, esperadas, obviamente, mas ainda cativantes.


O autor dessa brincadeira toda, Jeffrey Brown, gosta tanto de realizar trabalhos baseados em Star Wars que, além dos dois já citados, também publicou os quadrinhos "Boa Noite, Darth Vader" que segue a mesma linha dos outros e "Academia Jedi", um diário de Roan Novachez que foi convidado a estudar naquela que leva o nome do livro.

Assim, não sobra dúvidas de que o cara é um grande fã de Star Wars e que vale toda a pena conferir suas obras baseadas nesse universo fantástico e tão, tão distante.

Veja também:

8 comentários

  1. Menina, acho esses livros uma graça.
    Deviam fazer um desenho animado com essas histórias hahaha
    Adoro ver personagens sendo "normais" e não vivendo aquela vida aventureira que costuma ser retratada.
    Bjs <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça demais, né? Super apaixonadinha por ele, todo fofo.
      E concordo muito, com certeza iria assistir ao desenho, imagina que coisa mais linda que seria? Já quero!
      Adoro essas novas perspectivas sob sagas que já conhecemos e amamos.

      Beijos!

      Excluir
  2. já li e é tão amorziiinho! <3 gostei em demasia, a aleph sempre arrasa nas edições também. estou aqui paquerando seu funko! haha :***

    http://www.letrasecosturas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aleph é uma linda, né? Não dá nem pra reclamar das coisas que eles fazem, hahaha. Ansiosa demais para ler o do Luke agora. <3
      Meu funko é um amor! Essa Leia ganhei de presente de aniversário, mas tenho outras duas. Melhor personagem ever. <3

      Beijos!

      Excluir
  3. Olha não sou ultra fã *o* mas estou com muita vontade de telo em minhas mão e lelo *o*

    Parece ser muito legal.

    Amei...


    otimo fds linda

    kissu :***

    www.watashinosekaibykrol.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não só parece como é, Carol.
      Super fofinho e que com certeza agrada não só aos fãs. <3

      Beijos!

      Excluir
  4. Karol, amo seu blog! cada coisa fofa que você posta aqui me deixa tão bobinha suhsauh' você é um amor de pessoa, desculpe por não comentar muito, mas sempre acompanho o blog e ele vai viver pra sempre no meu blogroll :3
    Beijos (♥)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que comentário mais fofinho, Lili!
      Muito obrigada pelo carinho, você é sempre muito bem-vinda por aqui, heim? Obrigada de verdade por tanta fofura. <3

      Beijos!

      Excluir