Guardiões da Galáxia Vol. 2 é tão bom quanto o primeiro


Quando começaram a liberar as primeiras informações sobre "Guardiões da Galáxia Vol. 2" me bateu certa preocupação. "O primeiro filme foi maravilhoso, será que eles vão conseguir dar uma continuação no mesmo nível?", tentei não criar tantas expectativas, mas o resultado desse lançamento já está explícito no título da matéria: é tão bom quanto.

A sequência estreou em 26 de maio no Brasil, narrando eventos que passam seis meses após o primeiro filme. Agora, Peter Quill, o Star Lord interpretado por Chris Pratt, precisa lidar com descobertas recentes sobre sua família e ao mesmo tempo, ao lado dos Guardiões, lutar pelo bem da galáxia e dessa nova família de heróis.


Apesar dessa trama mais familiar, que busca desenvolver melhor os personagens e apresentar outros lados destes ao público do Universo Cinematográfico da Marvel, o restante segue bem similar ao primeiro volume com toda aquela dose de bom humor, coloração e boa trilha sonora que já conhecemos. O repeteco é bom, mas tão bom que nem parece que dura mais de duas horas. Dá vontade de ficar assistindo para sempre.

Groot, agora bebê, pequenino e ainda mais fofo do que já era, continua sendo o grande destaque do time por suas gracinhas e personalidade peculiar, mas Drax (Dave Bautista) chama a atenção por uma desenvoltura mais brincalhona, principalmente quando contracena com a telepata recém-chegada Mantis, interpretada por Pom Klementieff. Outros personagens recebem mais destaque do que esperávamos, o que favoravelmente surpreende.


O longa fantástico, ainda com seus momentos mais dramáticos, consegue divertir e prender a atenção do início ao fim, inclusive durante os créditos com cinco (CINCO!) cenas extras de pistas para os próximos filmes e brincadeiras em meio aos letreiros, com fotos/gifs do elenco e um jogo com o famoso "I am Groot". Volta-se para a casa com a sensação de nunca ter rido tanto assim em um cinema, mesmo comédia nem sendo seu gênero principal, mas com tamanha satisfação por um resultado tão positivo quanto o proporcionado por mais uma produção de sucesso e qualidade da Marvel

Veja também

4 comentários

  1. Amei esse, e com certeza é melhor que o primeiro, tem uma mensagem muito linda no final, a trilha sonora é linda parece que foi feita para o filme.

    Beijos Josi
    www.singularidades.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto muito dos dois, ainda não consegui escolher qual acho melhor, mas ambos são maravilhosos e engraçadíssimos. <3

      Beijos!

      Excluir
  2. Assisti essa terça feira, achei tão incrível, senti várias sensações, adrenalina e muito amorzinho nas cenas do Groot, fiquei super atenta e curiosa com começo ao fim ♥
    amei
    Beijinhos ;*
    Blog Menina Caprichosa | Canal Youtube | Facebook | Insta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um filme impossível de não amar, realmente sente-se tudo isso que você citou. <3

      Excluir