AOA: de 2012 a últimos planos para comeback

by - novembro 28, 2017


A data 9 de agosto é marcada pelo debut oficial do AOA (Ace of Angels), girlgroup da FNC Entertainment, sendo o dia em que as meninas apresentaram-se em um programa musical pela primeira vez, com a música Elvis durante o M!Countdown, da MNET. AOA sofreu algumas mudanças recentemente, mas que tal começar pelo começo?


Antes mesmo do debut oficial do grupo, durante a divulgação das imagens teaser para sua estreia, as meninas já chamavam a atenção por seu conceito angelical em que cada integrante recebia um nome de anjo, como Jiminel, Chanmi T.T e Minaring. Não só isso, começaram com uma imagem dupla, em que performariam tanto como um grupo de dança como qualquer outro de k-pop e como banda, com as integrantes tocando instrumentos. A membro Youkyoung era a única a não participar do grupo de dança, sendo membro apenas da banda e, por isso, na classificação angelical era a única que não era listada como "full angel", mas sim como "meio-anjo/meio-mortal".


Em 30 de julho de 2012, o MV oficial para Elvis era revelado no YouTube, performando na televisão apenas no dia 9 de agosto, no M!Countdown, marcando a estreia oficial do grupo. A música foi apresentada em suas duas versões durante o tempo de promoção em shows semanais, e, entretanto, não foi muito bem sucedida.


Em outubro foi anunciado o comeback do grupo com o segundo sigle álbum intitulado Wanna Be, em que as integrantes atacaram em um conceito cinematográfico, vestidas como personagens de Kill Bill, Léon, Legalmente Loira, Tomb Raider, Harry Potter, Breakfast at Tiffany's, Romeu e Julieta e O Quinto elemento, misturando cenas de interpretações com uma boa coreografia. Mais uma vez, ambas versões dança e banda foram performadas nos shows semanais.  


Em julho do ano seguinte, AOA Black, a banda, lançou a música Moya, sendo que esta não seguiria com as apresentações alternadas como anteriormente, sendo um trabalho especial das meninas como banda apenas. O single ficou em primeiro lugar em diversas paradas musicais importantes para o cenário K-POP, com vendas on-line superiores à 170 mil e 2,600 álbuns físicos vendidos, de acordo com o Gaon Music Chart.


Deixando a banda de lado, as meninas retornaram como um grupo de dança em outubro do mesmo ano, quando a faixa Confused foi oficialmente lançada como parte do single álbum Red Motion. Seu sucesso foi moderado, mais alto que as anteriores, mas ainda não iniciava a grande fama do grupo.


Esta só veio chegar realmente com o lançamento de Miniskirt, durante o Inkigayo em 09 de fevereiro de 2014, batendo as fortes concorrentes Girl's Day que promoviam a faixa de enorme sucesso "Something". A vitória foi uma surpresa para as integrantes do AOA, que não seguraram a emoção e o choro ao serem chamadas como vitoriosas do dia. A música, entretanto, havia sido lançada no mês anterior, em 16 de janeiro.


A fama, entretanto, não parou por aí. Em junho retornaram com seu primeiro mini álbum "Short Hair", do qual promoviam a faixa homônima. O álbum alcançou #01 em diversos charts e conquistou a oitava posição na lista de "vídeos de K-pop mais visualizados ao redor do mundo" no mês, pela Billboard.


Em novembro retornaram com outra produção Brave Brothers, "Like a Cat", com muita sensualidade, um ótimo clipe, com uma coreografia excelente e, claro, boa música - que ficou em primeiro lugar na Gaon Social Chart por seis semanas consecutivas, além de garantir mais uma vitória ao grupo, desta vez no programa Show Champion.


Novamente com composição por Brave Brothers, AOA retornava aos palcos como jogadoras de lacrosse para seu álbum de verão Heart Attack, lançado em junho de 2015. As promoções acabaram com as meninas vitoriosas em três troféus conquistados ao longo de suas performances em shows musicais. Heart Attack também merecia um prêmio pela quantidade de versões liberadas entre vídeos de coreografias, ensaios e outros especiais. 


AOA já havia revelado versões japonesas de suas músicas anteriormente, mas Oh Boy foi sua primeira faixa a ser originalmente lançada em japonês para o seu segundo comeback no Japão com o álbum "Ace of Angels", que saiu em agosto de 2017.


AOA Cream é a primeira sub-unit oficial do grupo, formada pelas integranes Hyejeong, Yuna e Chanmi, com estreia oficialmente marcada em 11 de fevereiro de 2016, com o single I'm Jelly Baby. No clipe, as meninas apostam em uma imagem mais fofa e colorida, diferente de todos os trabalhos já realizados pelo AOA. A unidade foi um sucesso.


愛をちょうだい (Give me that Love) é o quarto single japonês de AOA, sendo este uma parceria com o cantor Takanori Nishikawa, do grupo T.M.Revolution, e parte do segundo álbum de estúdio em japonês do grupo. Foi lançada pelo Universal Music Japan em 20 de abril de 2016, contando com onze versões físicas diferentes, além da versão digital para download. Posteriormente, recebeu ainda uma versão coreana intitulada 너 때문에 (Help Me) que integrou o álbum Angel's Knock em 2017.


Ainda em 2016, agora em maio, o grupo lançava o EP Good Luck para suas promoções de verão para a metade do ano. O mini álbum foi um verdadeiro sucesso, alcançando a segunda posição no ranking de vendas da Gaon em sua primeira semana de lançamento. A faixa "10 Seconds" presente no álbum também foi promovida durante o showcase e participações do grupo em programas televisivos. 


Em agosto do mesmo ano, durante a comemoração do quarto aniversário do grupo, as integrantes - incluindo Youkyung - postaram mensagens para os fãs nas redes sociais. Porém dois meses depois, em 15 de outubro, foi oficialmente anunciada a saída da integrante Youkyung, que não renovaria seu contrato com a empresa, mas poderia retornar como convidada para alguma futura atividade da banda AOA Black, da qual ela participava. A líder Jimin surpreendeu a todos os fãs ao postar uma foto com as oito membros em seu instagram, com a legenda "AOA" logo abaixo.  


O ano foi longo para o AOA que, em novembro, lançava oficialmente o álbum Runway, incluindo as músicas Give me the Love, Good Luck e a mais recente, Wow War Tonight, que viria a representar o lançamento nas imagens de capa para as versões digitais e físicas. O álbum debutou em terceiro no Oricon Daily Albums Chart em 29 de novembro, ficando no top 10 pelo resto de sua primeira semana.


2017, entretanto, continuou badalado para as garotas: logo no dia 2 de janeiro as meninas retornavam ao cenário da música coreana com seu terceiro álbum de estúdio, Angle's Knock, do qual promoveriam as faixas Excuse Me e Bing Bing, ambas representando conceitos distintos e mostrando a diversidade musical do grupo e a habilidade de fazer bem em várias imagens. 


Mas as coisas não continuarem tão bem quanto esperávamos e, alguns meses depois, em 30 de junho, foi anunciada oficialmente que a membro ChoA estaria deixando o grupo. Não foi uma saída tranquila, entretanto, pois uma semana antes a cantora havia anunciado pessoalmente sua saída do grupo, que fora negada pela FNC Entertainment e, oito dias depois, confirmada pela própria empresa, deixando os fãs confusos e preocupados pois, no primeiro anuncio dado pela cantora, ela afirmava  que sua saída seria para tratar sua depressão e insônia.


Após sua saída, uma fonte da agência disse que a membro Yuna tornaria-se a nova vocalista principal do grupo, visto que esta era a posição de ChoA no AOA. Entretanto, pouco depois, outra fonte afirmou que ainda não havia nada decidido quanto as novas posições das integrantes, pois no momento estariam focando mais em suas atividades individuais. 


Em uma entrevista recente, a integrante Mina foi perguntada sobre lançamentos futuros do AOA e afirmou que o comeback do grupo deve ser realizado entre fevereiro e março de 2018, sendo o primeiro trabalho das garotas como um sexteto. Confessa ainda estar preocupada quanto a resposta do público: "Como estamos afastadas há bastante tempo de nossas promoções musicais, eu não sei que tipo de resposta nós receberemos, mas as outros membros e eu queremos fazer um comeback. Acredito que se dermos o nosso melhor, teremos bons resultados".


Então, por enquanto, só nos resta esperar para conferir o que será do AOA nessa nova fase de sua carreira. Conhecendo o talento e potencial das meninas, com certeza elas farão bem e darão a volta por cima mesmo com apenas seis integrantes.

Veja também:

0 comentários