Conheça Liu Yifei, atriz que viverá Mulan nos cinemas

by - novembro 29, 2017



A Disney anunciou hoje que a atriz escolhida para protagonizar o live-action de Mulan é Liu Yifei. Também conhecida como Crystal Liu, nasceu na China em 25 de agosto de 1987 e está em atividade no meio artístico desde 2002, sendo principalmente reconhecida como atriz de filmes como Once Upon a Time (2017), The Chinese Widon (2016), Night Peacock (2016), The Assassins (2012) e A Chinese Fairy Tale (2011). Em produções não-asiáticas, já trabalhou ao lado de Jackie Chan e Jet Li em O Reino Proibido (2008) e Nicolas Cage em O Imperador (2014).

Mesmo sendo uma das artistas mais promissoras da China, sua seleção para o papel não foi fácil. A equipe de especialistas da Disney testou rigorosamente mais de mil candidatas ao redor do mundo, buscando por uma jovem com habilidades em artes marciais e que soubesse falar inglês. Assim, chegaram a Liu Yifei, que domina ambos e é ainda uma estrela em seu país.


Seu apelido entre o público chinês é de "Irmã Fada" por sua imagem pura e inocente, sendo uma das mais populares atrizes de sua geração, alcançando o sucesso ainda em meados dos anos 200, quando estudava na Beijing Film Academy. Já morou em Queens, Nova York, durante grande parte de sua infância, garantindo sua fluência em inglês. Seu filme mais recente foi um romance de fantasia intitulado Once Upon a Time, que arrecadou mais de US$82,3 milhões na China em um único verão. 

Não somente concentrada em encontrar uma artista talentosa, habilidosa e popular, os estúdios Disney cumprem ainda com a precisão cultural da trama ao escalar uma mulher de etnia chinesa para interpretar Hua Mulan, levando em consideração os pedidos dos fãs que desde o início demonstraram-se contra o embranquecimento (whitewashing) de elenco. O whitewashing consiste em substituir em adaptações cinematográficas personagens fictícios ou históricos de etnia estrangeria por atores norte-americanos de cor branca. Podemos suspirar aliviados!


A versão original de Mulan é um filme animado de 1998, também produzido pela Disney, baseado na lenda chinesa de Hua Mulan. A animação foi bem recebida tanto pelo público quanto pelos críticos, arrecadando US$304 milhões nos cinemas e sendo indicado a prêmios importantes como o Oscar e o Globo de Ouro, além de ganhar vários prêmios Annie, incluindo o de Melhor Animação.

Passado na Dinastia Han, conta sobre uma jovem destemida que coloca em risco a sua própria vida para salvar a seu pai e a sua Pátria, disfarçando-se de homem e treinando para tornar-se um bom soldado capaz de lutar no exército chinês, ensinando lições sobre coragem, honra e amor. Ganhou, ainda, em 2004, uma sequência intitulada Mulan II, que aborda sobre casamentos arranjados, escolhas, confiança e lealdade.


Niki Caro é a diretora responsável por trazer o musical live-action de Mulan aos cinemas. Com este filme, ela se torna a quarta mulher a dirigir um longa com orçamento superior a US$100 milhões, ao lado de Kathryin Bigelow (K-19: The Widowmaker), Patty Jenkins (Mulher-Maravilha) e Ava duVernay (Uma Dobra no Tempo, também da Disney, que deve ser lançado em 2018). Quanto a se juntar a este grupo, ela comenta: "Isso é deprimente, não é? Como uma estatística, isso é realmente deprimente. Parabéns a Disney pelo fado de que seus dois últimos filmes foram dirigidos por mulheres, Ava e Eu. Nós vamos deixar essa porta bem aberta para que mais mulheres possam entrar".

Mulan deve chegar aos cinemas de todo o mundo em 2019.

Veja também:

0 comentários