Participantes do MIXNINE estão proibidos de namorar

by - novembro 03, 2017


Os participantes do MIXNINE, programa de sobrevivência da JTBC, possuem uma regra que eles devem obedecer se quiserem continuar a competir no programa: os trainees do show estão proibidos de namorarem entre si durante as gravações do programa e a emissora está fazendo tudo o que é possível para prevenir a possibilidade. 

Os participantes foram divididos por gênero, minimizando assim a possibilidade de interação entre eles. Os produtores, entretanto, queriam ir além, mantendo-os em andares separados da emissora para que não se encontrem enquanto nem mesmo quando não estão sendo filmados.

Um organizador explicou que possíveis relacionamentos entre os participantes criaria atenção desnecessária que poderia gerar situações constrangedoras entre eles e distrair os telespectadores do foco principal do programa. "Romance entre participantes está absolutamente proibido e pode resultar na desqualificação do programa se descoberto", diz um dos organizadores do MIXNINE.


Um representante de uma agência de entretenimento disse em entrevista a Osen: "Nós aplicamos fortemente a proibição de namoro para os participantes. É parte do pedido dos produtores e também significa que eles não estão se concentrando muito se permitirem que os sentimentos se desenvolvam. Nós os advertimos, dizendo que poderiam ser expulsos do programa.".

A fonte finaliza a publicação da notícia dizendo que "graças à previsão dos produtores, os fãs podem sentar-se e assistir ao seu trainee favorito chegar ao fim do programa sem nenhum drama de relacionamento", mas será que isso é realmente algo pelo qual devemos agradecer?


Por anos e infelizmente até hoje, ainda que com recorrência menor, artistas do ramo do K-POP são não somente proibidos por suas empresas de manterem relações amorosas e namorarem, como até mesmo pelos próprios fãs, que acreditavam (ou acreditam) que os namorados(as) dos idols são os fãs e, portanto, não podem namorar com outras pessoas.

Quando um programa apresenta esse comportamento conservador em relação a seus participantes, é dado um passo para trás naquilo que poderíamos chamar de "evolução de como os artistas são tratados". O foco do MIXNINE não é a formação de casais mas, sim, como sabemos, de um novo grupo de K-POP. Entretanto, a ideia de proibir a interação e algo tão natural quanto o desenvolvimento de uma relação que possa a vir entre eles representa um exagero que infelizmente ainda está em vigor na indústria do K-POP.

Veja também:

2 comentários

  1. Às vezes eu tenho a impressão de que @s idols não são tratad@s como seres humanos. Pelo que consta no post, impediram até mesmo de circular pelo mesmo andar. Meu deus, cara! Eu agradeço muito à indústria pelo fato de existirem essas pessoas, mas sinto uma enorme pena (e uma certa raiva) pela forma como algumas empresas e também como uma parcela da sociedade os tratam. É desumano em vários aspectos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É extremamente desumano! Sabe, enquanto divulgava esse post em alguns grupos do Facebook, me deparei com inúmeros comentários de pessoas que apoiavam essa segregação de sexos no programa, defendendo que "quem está lá é para realizar o seu sonho de virar cantor, não arrumar namorado(a)". Imagino, de verdade, o que se passa com essas pessoas que acreditam que não é possível aos artistas da indústria do K-POP amarem e trabalharem ao mesmo tempo, sendo que isso é algo extremamente normal em qualquer profissão ao redor do mundo. É de fato um tratamento desumano que eles recebem, como se fossem entidades que se diferenciam dos humanos comuns como nós e, portanto, não devem ter os mesmos direitos. Ridículo! Sinto uma mistura de pena e raiva também.

      Excluir