Lombada europeia ou americana?

by - maio 16, 2018


Ao olhar em prateleiras de livros, seja de lojas, bibliotecas ou mesmo da própria casa, muitas pessoas ficam incomodadas: não importa o quão organizado seja o ambiente, se colocar os livros na vertical, formato mais convencional de exibição dos mesmos, veremos que as lombadas são diferentes e, o tempo todo, é preciso ficar mudando o sentido para conseguir ler os títulos inscritos na lateral do livro. Mas por que não existe um padrão para isso?

Na verdade, existem dois modelos padrões para lombadas e, por isso, os livros acabam variando entre si e causando algum incômodo nos leitores mais dedicados a padronização e organização de seus espaços literários. Conheça os dois padrões, suas diferenças, surgimento e como são utilizados:

Lombada Europeia


O estilo europeu defende que o livro deve ser exibido em posição vertical nas prateleiras e, para facilitar a leitura de seu título, são lidos de baixo para cima, da esquerda para a direita, de forma semelhante a qual escrevemos. 

No Brasil, a editora Companhia das Letras, todos os seus respectivos selos (Seguinte e Companhia das Letrinhas, por exemplo), a Darkside e a Novo Século utilizam esse padrão. 

Lombada Americana


O contrário é visto nas lombadas escritas ao estilo americano, onde defende-se que os livros devem ficar empilhados em horizontal e, para a não ficarem "de cabeça para a baixo" na posição, ou seja, com a capa virada para cima e a leitura da esquerda para direita na lombada, os títulos são inseridos de forma em que se leem de cima para baixo quando na vertical. 

No Brasil, é utilizado por editoras como Intrínseca, Leya, Arqueiro, Record, Rocco e seus respectivos selos, sendo, portanto, o estilo mais popular e mais aderido no mercado nacional. 


O gosto dos leitores quanto as lombadas, por sua vez, diverge por variados motivos: Para fotografar os livros, é quase unânime entre os blogueiros literários que o modelo americano é preferível, uma vez que ambos capa e título ficam para cima quando os livros posicionados na horizontal, mostrando um pouco do design de ambos. Em contra partida, como leitores, há certa preferência pelo padrão europeu que, por muitos, ainda é considerado "correto" e, para muitos leitores, mais confortável aos olhos que a inversão do modelo americano.

Desse modo, diria-se que, ao analisar comentários gerais depositados em diversos sites e redes sociais, a versão europeia é mais confortável para leitura durante exibição vertical da obra, enquanto o modelo americano é mais estético, preferível para fotografias, embora não haja um consenso atual sobre "certo e errado" e tudo, de fato, varie com o gosto de cada leitor.

Sendo assim, qual o seu padrão preferido de lombada?

Veja também:

1 comentários

  1. Oii!
    Menina do céu, não fazia ideia que tinha uma definição para esses padrões! haha
    Me identifico mais com a lombada europeia, mas como quase todos os meus livros seguem o padrão americano, fico incomodada quando muda o padrão... hahaha
    Mas adorei saber de onde surgiu isso!

    Beijos
    www.ventodoleste.com.br

    ResponderExcluir