Grupos de K-POP que completa(ria)m 10 anos em 2019

by - janeiro 01, 2019


Que tal começar o ano se sentindo velho da forma mais gostosa possível, ou seja, com muita música boa? O Elfo Livre revisitou 2009 para lembrar quais grupos de K-POP deram início a suas carreiras naquele ano e, agora, em 2019, completam - ou completariam - sua primeira década de debut. Confira:



After School
Agência: Pledis Entertainment
Status: Em hiatus desde 2013

After School foi um grupo extremamente popular em seus primeiros anos de vida, além de inovador por seu conceito de rotatividade, ou seja, com integrantes que se graduam e saem do grupo para dar espaço a novas membros, mas perdeu forças ao longo da carreira devido a péssima administração de sua agência. As garotas ainda não tiveram um disband oficializado, mas sua última música coreana, First Love, foi lançada em 2013 e desde então não tivemos mais notícias delas. A esperança é a última que morre, né? 


2NE1
Agência: YG Entertainment
Status: Disband (2016)

Provavelmente um dos fins mais tristes e imperdoáveis da história do K-POP, já que o 2NE1 foi um dos principais grupos a consolidarem o estilo não só na Ásia, mas em todo o mundo, com o seu carisma, talento e estilo totalmente refrescante e diferente do que era massivamente produzido na indústria. Após a saída de Minzy, ficamos a espera de que o grupo desse continuidade a suas atividades como um trio, mas fomos surpreendidos com um single de despedida, Goodbye, que destroçou nossos corações.


4MINUTE
Agência: Cube Entertainment
Status: Disband (2016)

Esse quinteto fez história com sua sensualidade que quebrava as barreiras impostas por uma cultura machista que até hoje ainda é muito forte no K-POP. Seu debut foi extremamente colorido e divertido, e é assim que nos lembraremos dessas meninas que fizeram muito feliz a vida de diversos 4NIAs ao redor do mundo. Ainda me recuso a acreditar que elas deram disband de tão eterno e intocável que este grupo sempre me pareceu.


T-ARA
Agência: MBK Entertainment
Status: Em hiatus desde 2017

T-ARA teve uma carreira turbulenta: da fama à total decadência por uma série de rumores que denegriram a imagem do grupo por muitos anos, as meninas infelizmente só voltaram a experimentar o lado bom dos holofotes pouco antes de anunciarem que entrariam em hiatus. No momento, cada integrante persegue seus sonhos individualmente e em gravadoras diferentes, mas prometeram se reencontrar em breve para subir aos palcos novamente.


F(x)
Agência: SM Entertainment
Status: Em hiatus desde 2016

O F(x) sempre foi um grupo bem negligenciado pela SM, mas isso não impediu que o quinteto conquistasse muitos fãs - estes extremamente pacientes. Após a saída da Sulli, em 2015, o grupo passou por um breve momento de alta em que retornaram aos palcos como um quarteto de força total com 4Walls, ganharam nome de fandom e sua primeira turnê solo tudo de uma vez, somente para serem lançadas no porão novamente logo em seguida. No momento, cada uma persegue sua carreira solo, como cantora, atriz ou ambos, e é esperado que o grupo retorne algum dia - só não se sabe quando. 


MBLAQ
Agência: J.Tune Entertainment
Status: Em hiatus desde 2015

O grupo MBLAQ era um dos preferidos de quem viveu o K-POP no início da década, autores de músicas queridas do público como Mona Lisa, This is War e Stay, que marcaram sua época com muito sucesso, mas nem tudo é eterno: dois integrantes deixaram o grupo em 2014 e o trio deu continuidade ao grupo até 2015, quando lançaram Mirror e, logo em seguida, entraram em hiatus. Não se soube mais sobre o grupo, mas alguns relatos dados pelo membro G.O em 2017 indicam que a gravadora do grupo sequer exista mais. 


HIGHLIGHT (BEAST/B2ST)
Agência: Cube Entertainment (até 2017) |  Around US Entertainment
Status: Em atividade

Que nostalgia! Músicas como Fiction e Shock marcaram o meu início de relacionamento com o K-POP, assim como o grupo faz parte dessa longa e maravilhosa história. Com o vencimento de seus contratos com a Cube, os integrantes (exceto Hyunseung) optaram por deixar a empresa e abrir a sua própria para darem continuidade ao grupo, mas como nem tudo são flores e contratos são burocráticos, perderam o direito sob o nome BEAST e recomeçaram sua jornada na Around US Entertainment agora sendo chamados de HIGHLIGHT. 


Secret
Agência: TS Entertainment 
Status: Disband

O quarteto deu vida a diversas músicas de sucesso, desde canções mais fofas e energéticas como Shy Boy e Madonna, a performances maduras e ousadas como Poison e Talk That, e independente do estilo sempre acompanhadas de calorosos fãs que foram surpreendidos em 2016 quando Sunhwa deixou o grupo para perseguir a carreira de atriz. Como um trio, o grupo entrou em um hiatus que durou até 2018, quando Hyosung e Jieun entraram com um processo contra a gravadora. Hana (Zinger) foi a única a permanecer na agência, mas o grupo teve que ser encerrado. 


Rainbow
Agência: DSP Media 
Status: Disband (2016)

Um dos grupos mais injustiçados da história do K-POP. De sua estreia com Gossip Girl a Whoo, última faixa do grupo antes do seu disband, as sete meninas lutaram com muita união, garra e talento por um espaço no disputado holofote da indústria musical coreana, mas não obtiveram muito sucesso em suas tentativas, seja em um conceito mais fofo, como Sunshine e Tell Me Tell Me, ou mesmo na sensualidade de A e Black Swan. Elas podem não ter sido bem sucedidas em sua carreira, mas os fãs que conquistaram nessa jornada com certeza guardarão memórias muito felizes, regadas a amor e acompanhadas do carisma, sorriso e beleza que elas esbanjavam.  

Bônus: você conhece?


HAM
Agência: LeeYeon Entertainment
Status: Disband (provavelmente 2012)

Em setembro de 2009 surgia um girlgroup revolucionário que misturava os conceitos fofo com tendências de J-POP ao rock, mas que não duraram muito. Inicialmente um quarteto, logo lidou com a saída de uma integrante e, após alguns singles, alguns deles muito bons como So Sexy, sumiram do mapa: O disband do grupo nunca foi oficialmente anunciado pela gravadora, mas as garotas desapareceram em meados de 2012 e não deram mais as caras, exceto pela integrante Su Jin que redebutou no BBde Girl no mesmo ano, mas seu novo grupo também não demorou muito a desaparecer dos palcos. 


SHU-I
Agência: YJ Music
Status: Disband (2015)

Embora muito talentoso, carismático e com visuais incríveis, esse boygroup não obteve muito sucesso ao longo de sua carreira. O grupo foi mais ativo no Japão, mas também teve excelentes músicas coreanas como Don't Be Down, minha preferida do grupo.


JQT
Agência: GP Entertainment
Status: Disband (2012)

O quarteto JQT nunca foi popular, mas não foi por falta de talento ou qualidade musical. Peekaboo (não a do Red Velvet) foi sua melhor e mais popular faixa ao longo dos três anos de atividade  do grupo - o que foi uma grande perda, falando sinceramente, já que elas também mandavam muito bem ao vivo.

Veja também:

0 comentários