Linha do Tempo - EXID

by - janeiro 08, 2016


Olá! Hoje vim falar sobre um dos meus grupos preferidos, o EXID. Nessa postagem, contarei a história das meninas desde sua estreia até o álbum mais recente. Para quem está afim de saber um pouco mais sobre as garotas ou mesmo conhecer algum grupo novo, é recomendável continuar a leitura.


Essa foto é só uma pequena introdução das integrantes, para que não fiquem perdidos durante o post caso eu cite seus nomes, também para melhor explicar a formação do grupo de forma prática.
LEGENDA
Vermelho: Integrantes que saíram do grupo.
Amarelo: Integrantes que estão desde a formação original.
Verde: Integrantes que entraram depois.


O grupo debutou em fevereiro de 2012 com o single álbum HOLLA e 6 integrantes, por uma parceria entre a Shinsadong Tiger e uma gravadora nova. Le, Hani e Junghwa, da Shinsadong Tiger, sempre fizeram parte do EXID. As outras três integrantes eram Yuzi, Haeryung e Dami, da nova. Juntas, elas promoveram a música "Whoz That Girl".

Após o debut, as gravadoras passaram por alguns problemas e resolveram dividir o grupo. Le, Hani e Junghwa, por estarem com seus contratos na Shinsadong Tiger, continuaram no grupo. As outras três partiram, indo com a nova gravadora. Mais tarde, Haeryung acabou juntando-se ao BESTie.


Mais tarde no mesmo ano, em agosto, o grupo retornou como um quinteto em "I Feel Good". Durante os meses que ficaram inativas, duas novas integrantes foram adicionadas. Finalmente, a formação que conhecemos e amamos como um OT5:

Hyerin já era trainee da empresa, ela poderia ter debutado na formação original, mas foi cortada de última hora. Solji, na verdade, era a treinadora vocal das meninas, mas acabou juntando-se ao grupo também.


Ainda em 2012, outubro, as meninas liberaram um outro clipe. Every Night é um rearranjo da música Phone Bell, do álbum HIPPITY HOP. A faixa foi escrita pela integrante e rapper LE, inspirada em um ex-namorado. Particularmente, uma das músicas que mais gosto do grupo.


Em 2013, as meninas não lançaram nada novo. Porém, participaram da OST oficial do dorama Incarnation of Money com a música "Up and Down". Seu próximo trabalho em grupo, um ano mais tarde, levaria o mesmo nome.


Depois de quase dois anos praticamente inativas, as garotas retornaram à mídia com Up&Down, que levou-as diretamente ao topo das paradas graças à uma fancam sensual de Hani que circulou a internet. O vídeo tirou as meninas do flop e hoje elas podem ser consideradas um dos maiores girlgroups coreanos da atualidade.


Mais tardar, em abril de 2015, as meninas voltaram aos palcos com a música Ah Yeah, que segue o mesmo estilo sensual e colorido de Up&Down. A música fala sobre um cara que fica incomodando elas, enquanto o ignoram respondendo tudo com "ah é?". Enquanto isso, o MV vai muito além com uma forte crítica contra a industria coreana, que acaba censurando coisas sem necessidade.


E agora o trabalho mais recente do grupo, Hot Pink foi lançado em novembro de 2015. Uma música repleta de malícias e duplos sentidos. Apesar do sucesso, houveram algumas pessoas que passaram a criticá-las por continuarem a usar um conceito mais sexy.

O que vocês acham do EXID?

Veja também:

8 comentários

  1. eu gosto muito das meminas mas não conhecia a historia delas amei o post bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!!!
      Fico feliz que tenha gostado, elas são uns amores. <3

      Excluir
  2. Oi!
    Eu gosto delas, apesar de elas estarem lançando músicas ''parecidas'' ultimamente. Tipo, muda o título, mas é mesmo conceito, batidas parecidas e refrão também. Up And Down, Ah Yeah e Hot Pink, são praticamente a mesma coisa, o que salva é alguma coisinha que elas fazem de diferente; Gosto dessas músicas que citei, mas acho que elas deveriam se arriscar mais, inovar em alguma coisa.
    Sobre a história delas, eu não sabia de tudo só sabia que tinha algumas integrantes que saíram, mas o post me ajudou muito a entender melhor tudo.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Nisso eu tenho que concordar, gostaria muito que elas mudassem um pouco o estilo das músicas e inovassem em alguma coisa, ou mesmo voltassem ao conceito que utilizavam anteriormente, mas após o desflop elas devem estar com medo de arriscarem coisas diferentes e voltarem para o cantinho dos grupos que não recebem atenção.
      Aguardarei sentada pelo dia que elas voltem a mudar seu estilo.

      Beijos!

      Excluir
  3. Lembro quando ouvi I Feel Good pela primeira vez e gostei da música mas confesso que não dava nada pro grupo. Depois de um tempo fui conhecendo melhor elas e agora eu simplesmente ADORO.
    Up&Down foi definitivamente o booooom do grupo, mas parece que depois as músicas ficaram meio parecidas, mas eu gosto mesmo assim hahahaahah

    Ótimo post!
    Beijos! – Que ideia, Menina!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como disse, acompanho elas desde o debut e sempre gostei muito, mas ninguém apostava um centavo nelas, a concorrência de girlgroups era muito forte naquela época. Girls' Generation, 2NE1, Sistar, KARA e A-PINK dominavam tudo, ninguém dava a mínima para qualquer outro nome.

      As músicas realmente ficaram bem parecidas depois de Up&Down, é o medo do grupo de voltar a cair no esquecimento e acabam não arriscando em um estilo novo, mas o bom é que, mesmo assim, as músicas são gostosas de ouvir - apesar de eu não ter gostado tanto assim de Hot Pink.

      Obrigada!
      Beijos e até mais!

      Excluir
  4. Gosto bastante do EXID e ainda mais da formação original. Já ouviu a faixa "I Do"? O que é aquilo?! Perfeição!

    Amo muito a nova formação, mas confesso que prefiro a formação original com a Hani, LE, Junghwa, U Ji, Hyeryung e Dami!

    Adorei o seu Post, vou conferir seu Blog por inteiro.

    Só teve uma coisinha que você errou, a última a entrar no BESTie foi a Dahye, sendo assim, o grupo é (atualmente) formado por U Ji, Hye Yeon (Dami), Hyeryung e Dahye!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela informação, Rafael! Irei corrigir no post.
      Sou uma grande fã de EXID, mas, diferente de você, prefiro a formação atual. Não que a original seja ruim, longe disso, mas acredito que criei um apego tão grande à Solji e Hyerin que não consigo imaginar o grupo sem elas.

      Excluir