RESENHA: Pixels


Com a mesma direção que os dois primeiros filmes da franquia Harry PotterPercy Jackson Esqueceram de Mim, já dá para se esperar grandes coisas. Este era um dos filmes que eu planejava assistir no cinema, mas por N motivos ($$$) acabei tendo que ver em casa mesmo, e sempre que faço isso acabo empurrando com a barriga por meses até criar a decência de assistir, o grande dia finalmente chegou.

Título Original: Pixels
Direção: Chris Columbus
Gênero: Comédia, Ficção Científica
Lançamento: 2015, Estados Unidos

A Terra está sendo atacada por personagens de vídeo-games! Isso já deve ter sido o sonho (ou pesadelo, talvez) de muitos fãs de jogos ao redor do mundo, mas finalmente fizeram um filme sobre isso. Não sou muito fã de comédias, mas como não ser cativada por um longa que possua tal temática?

Em minha infância costumava ser uma grande fã de vídeo-games e, quando não estava estudando ou assistindo aos meus desenhos animados, estava enfiada de cara em um mundo cheio de pixels e ação. Com o tempo, acabei deixando esse hábito de lado, mas os queridos games retrô continuam em meu coração. Nossa, que profundo!


Ver grandes nomes como Pac-Man, Donkey KongDuck Hunt, Q*bert e meu preferido Galaxy Invaders sendo valorizados em meio a tantos jogos atuais e com essa tecnologia avançada que temos hoje em dia é no mínimo nostálgico. Esse filme era tudo o que o mundo precisava e agora nós temos! 

Com alguns furos no roteiro, coisas mal explicadas e nosso velho amigo, o clichê, o filme acaba deixando de lado aquela perfeição toda, mas não é algo que vá insatisfazer a quem assista. Afinal, tem uma centopeia gigante atacando a cidade, quem liga pra uma história mal introduzida de cheats?

Ok, ok, não consigo esconder que eu ligo. Isso me incomodou e muito, mas nada que tenha me deixado mais intrigada do que a sensação de que eu teria gostado um pouco mais se não fosse uma comédia, e sim algum filme de ficção-científica como qualquer outro.


O humor não chega a ser tão forçado (enfase no "tão", porque tem uns momentos...) e até consegue tirar umas boas risadas, felizmente. Entretanto, acabam focando tanto em tentar fazer piadinhas a cada cena que deixaram de lado o desenvolvimento dos personagens e até mesmo da história em si. Ainda assim, vale a pena assistir.

Ainda mais pela tremenda criatividade de Chris Columbus e seu excelente trabalho como diretor, que conseguiu reviver ótimos momentos em detalhes que fizeram toda a diferença e deram um "tchan" extra para essa obra cinematográfica. E foco nas referências, tem muita coisa bacana escondida nos diálogos!

Quanto ao nosso grupo de atores, temos Adam Sandler no papel principal, aquele cara de Esposa de Mentirinha, Click e outros quinhentos filmes em que seu personagem é praticamente o mesmo cara acomodado. Com ele o esquema é 8 ou 80: tem quem seja fã, tem quem odeie. Em Pixels, sua atuação foi convincente e deu pro gasto.


Peter Dinklage também fez-se presente e trouxe junto sua atuação que nunca deixa a desejar. Sua forte presença no seriado Game of Thrones deixou uma boa impressão em sua carreira. Porém, quem roubou a cena mesmo foi o divertidíssimo personagem de Josh Gad, que nem era lá o principal, mas conquistou a todos com seu bom humor e seu amor doentio por Lady Lisa (Ashley Benson, a toda poderosa e maravilhosa.).

A trilha sonora também é muito boa, isso não tem como discutir. Se tem uma coisa em que os filmes da atualidade estão acertando é na qualidade de suas músicas e "Game On" já entrou para a minha playlist semanal. Sem deixar os bons clássicos de lado, a parceria da banda Queen com o artista VonLichten para a épica "We Will Rock You" deixou sua marca registrada no filme e me fez cantar loucamente. 

Em resumo, se você gosta de vídeo-games, filmes de comédia e quer tentar esse sanduíche misto, está aí uma boa oportunidade sem arrependimentos. Agora se nenhum desses temas te agrada, e prefere uma ficção-científica mais séria, é melhor passar longe. Para nota final, deixo um 3,5 de 5, pelos motivos ditos nos primeiros parágrafos.


Veja também

2 comentários

  1. Ah... Eu quero muito ver esse filme,
    Uma curiosidade pá não gosta de comédias ? 😁
    Amo suas postagens.
    Ótimo semana
    Kissu

    www.watashinosekaibykrol.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom esse filme, recomendo demais!
      Eu não sou muito fã de comédias forçadas, até acho engraçado, mas prefiro assistir filmes de outros gêneros. Um que gostei muito foi Férias Frustradas!

      Muuuuuito obrigada, fico super feliz que você goste e desejo uma ótima semana para você também. Beijos <3

      Excluir