K-POP: Minhas preferidas de 2016


Primeiramente, feliz ano novo a todos os leitores do Elfo Livre! "Segundamente", tive quinhentas ideias diferentes para fazer minha retrospectiva de 2016, mas acabei optando pelo básico de sempre com uma lista dos meus 20 lançamentos preferidos do ano, dentre debuts, comebacks e solos e units. A ideia inicial era fazer um meio a meio, 10 femininos; 10 masculinos, mas ao decorrer da seleção percebi que não foram tantas as músicas de boygroups que me chamaram a atenção ao longo do ano, enquanto, por outro lado, deixei várias meninas de fora. Sem enrolações, comecemos logo, pois este post será longo.

 Mamamoo - You're the Best
Preciso confessar que fiquei em dúvidas entre essa, Décalcomanie é a épica Taller Than You, mas acredito que You're the Best tenha sido a grande sobrevivente em minha playlist ao longo do ano. Com apresentações legendárias e as meninas mais brincalhonas e ativas do que nunca, a música é a pedida perfeita tanto para exibir o talento e carisma do grupo, quanto para obrigar capopeirinhos a se unirem ao fandom que leva o nome mais fofo de todos: MooMoo.

 IOI - Whatta Man
O grupo acabou de chegar e já está se despedindo, mas em seu mísero um ano de existência deixou um legado interessante em memória. Whatta Man, que na verdade é faixa da sub-unit que leva exatamente o mesmo nome do grupo (sério, Mnet?), foi a minha preferida dentre os lançamentos realizados pelo grupo ao longo do ano. A imagem mais sexy e girl power do grupo acabou me cativando mais do que a versão fofinha de Pick Me e Dream Girls e, graças a ela, comecei a dar atenção ao grupo. Infelizmente, faltou Chaeyeon (DIA) nessa unit. CADÊ MINHA BEBÊ?
 
Dal Shabet - Someone Like U
Fã de carteirinha do grupo, seu primeiro lançamento de 2016 continua em replay até hoje na minha humilde residência. Someone Like U, além de ser uma música excelente, marca o início da nova fase do grupo que agora segue como um quarteto após desistência de duas integrantes. As quatro maravilhosas deram um show de talento e superação que merece levar o grupo ao first win em 2017, será que vai? 

 Blackpink - Whistle
Pretorosa debutou nesse ano e, comparado as outras estreias, teve um desempenho excelente tanto em vendas como em qualidade musical. Demorei a aprender a gostar dessa música, por alguns meses apenas Boombayah hitava por aqui, mas assim que resolvi dar uma nova chance a Whistle foi tiro e queda, tornando-se minha nova preferida do grupo. 

 Twice - TT
Poderia ter escolhido Cheer Up pelo enorme sucesso do Shy Shy Shy, mas a verdade é que eu enjoei tanto dessa música que sequer consigo ouvi-la mais. TT, apesar de já estar quase no mesmo nível após eu reproduzi-la por no mínimo cem vezes, ainda continua sendo uma das minhas canções preferidas do ano - e o MV também, afinal, Momo vestida de Sininho foi uma das coisas que fez o meu ano valer a pena.

GFriend - Rough
Até poderia ter colocado Navillera no lugar, mas estaria enganado não somente a vocês, mas a mim mesma ao dizer que minha música preferida do GFriend fora outra se não Rough. Apesar de ser um pouco mais lentinha que o de costume, a canção de inverno acertou meu coração em cheio pela coreografia forte e o MV emocional que marcou o fim da trilogia colegial do grupo.


Taeyeon - Why
Em sua carreira solo, Taeyeon aparenta priorizar músicas que valorizam mais a sua voz, mas em Why liberou um espaço para rebolar o bumbum e conseguiu tornar-se uma das minhas músicas preferidas não só do ano, mas de todos os tempos. 

EXID - LIE
Adoro divulgar e enaltecer EXID nesse blog. Acompanho as meninas e sou fã do grupo desde o debut, quando a formação ainda era outra e elas eram tão flops que sequer poderia-se imaginar que um dias elas se tornariam grandes assim. LIE segue a linha de músicas boas, com MVs bons e coreografias boas que o grupo lança, além de, mais uma vez, afrontar a família tradicional em seus conceitos ousados e repletos de indiretas.

AOA Cream - I'm Jelly Baby
Tá, muita gente pode ter achado essa sub-unit adocicada demais, com tanta doçura que chega a dar diabetes, mas é exatamente esse lado mais meigo que me fez adorar o debut do trio Sailor Moon - e a chance de minha Chanmi receber um pouco mais de destaque, o que não costuma acontecer dentro do AOA OT7. 

Rainbow - Whoo
Já panfletei tanto esse grupo durante a vida que a DSP deveria me pagar um salário. Whoo, apesar de uma produção simples pela pobreza da gravadora, conseguiu ser uma das melhores músicas dos ano. Infelizmente,  marcou o disband do grupo, mas o menos fechamos essa carreira com chave de ouro, né? Um hinão desses, bicho!

DIA - Mr. Potter
Meu flop, ninguém sai. DIA é mais esnobado que sei lá o quê, mas lá vai eu com o meu dom de adorar grupos pouco favorecidos. Seu comeback com referências a Harry Potter e a ressurreição da dança do suspensório (vide Girl's Day em 2013) merecia ter tirado o grupo da miséria, mas não foi bem assim.

Brave Girls - High Heels
Meu flop, ninguém sai - parte 2. Brave Girls ficou no porão da sua gravadora por anos até finalmente retornar. De cara nova, mas com o mesmo conceito de mulher forte, uma das apostas do grupo durante o ano foi cair na brincadeira e demonstrar todo o carisma da mulher coreana em um clipe divertido. Só as foxy girls!

Red Velvet - Russian Roulette
Esse aqui de flop não tem nada, mas continua sendo bom. Russian Roulette trouxe o lado "red" do grupo de volta, mesmo que a fofura esteja um tanto mais bizarra do que nunca pelas tentativas de assassinato entre as integrantes no vídeo. Mais uma coreografia marcante e refrão chiclete para o histórico das garotas.

PENTAGON - Can You Feel It?
Para quem estava esperando, o momento dos homens finalmente chegou e o meu grande destaque vai para Pentagon, o grupo que me fez acompanhar um debut como se eu estivesse em 2012 novamente. Sua música escolhida, entretanto, é a faixa do comeback mais maravilhoso que eu já vi. Os meninos da Cube são a aposta para 2017, mais alguém bota fé ou só eu mesmo? 

EXO - Lotto
Monster foi boa, mas Lotto é sensacional. Entretanto, não consigo gostar da versão do MV/áudio original do CD e sempre acabo ouvindo pelas apresentações ao vivo. O excesso de efeitos adicionados às vozes dos meninos me dá nervoso, é tão desnecessário essa máscara toda: são excelentes cantores!

Infinite - The Eye
Meus protegidos preferidos que não poderiam faltar, né? Apesar dessa música não ter me prendido quanto eu gostaria e acabei enjoando fácil demais, é inútil tentar escapar de afirmar que ela é boa. O MV ainda trouxe uma pegada da essência do grupo, anos atrás, lá em BTD - e é esse o maior potencial para o comeback de 2016 dos meninos: o drama do clipe.

BTS - Fire
Bangtan, entretanto, é um grupo que continua a subir em meu conceito - exceto por seu último comeback, Blood Sweat and Tears, que não me agradou tanto. Por outro lado, Fire foi o meu momento preferido do grupo dentre tudo o que produziram ao longo do ano, tanto por mostrar esse lado mais descontraído dos meninos, tanto por ser uma música de qualidade mesmo.

SEVENTEEN - Aju Nice
Jesus, eu não aguento mais ouvir essa música! Devo ter escutado ela ao menos umas cinquenta vezes na época de seu lançamento e hoje já não passo nem perto dela, mas seria hipocrisia minha deixar de lado esse "aju NICE" maroto que tanto marcou o meu ano e me fez prestar mais atenção ao Seventeen. 

GOT7 - Hard Carry
Demorei uns bons meses para gostar dessa música. Lançada em setembro, só vim a viciar em dezembro, mas não me arrependo. Mesmo após tanta enrolação por minha parte, GOT7 voltou a conquistar as batidas do meu coração e ainda me fez terminar de assistir Dream Knight. Ah, esse grupo! 

HISTORY - Queen
E como é de flop que esse blog vive, não poderia faltar History e o comeback mais injustiçado do ano. Queen (que está mais para "cream", de acordo com a pronuncia dos integrantes) é uma excelente música com uma pegada Block B/BTS/EXO que ainda não foi reconhecida pelo público. Parem de dormir nesse grupo e deem a devida atenção aos meninos, por favor.

Bônus


AOA - Give me the love
Ao menos para mim, esse não foi o melhor ano do grupo na Coreia. Good Luck é boa, mas Give Me the Love (愛をちょうだい) é extremamente superior e merecia um destaque na lista. Com um refrão grudento, coreografia sensual, figurino cativante e as meninas mais lindas do que nunca, é impossível não se apaixonar por esse single. PS: A versão sem o carinha (Takanori Nishikawa) é muito melhor.

Veja também

10 comentários

  1. Eu adoro Mamamoo e gostei muito de You're The Best, mas Decálcomanie roubou o meu coração! Não sou fã de IOI, mas eu até que gostei de Whatta Manaus. Eu acho Pick Me legalzinco, eu sempre lembro do Heechul dançando! As músicas do Blackpink, Twice e GFRIEND são bem legais. Eu não posso ouvir que já sinto vontade de dançar, mesmo que eu não saiba as coreografias. Eu não acompanho a Taeyeon, mas essa música é incrível e o MV também. Ela arrasou muito. L.I.E é muito bom, elas estavam maravilhosas! Eu não escuto kpop a tanto tempo, mas achei muito legal você acompanhar as meninas desde o debut. As músicas de grupo flop eu quase não conheço então nem dá para comentar. Eu também gostei mais de Lotto e achei The Eye incrível! Eu gostei de todos os comebacks do Bangtan, mas acho que Save me foi o meu preferido! Seventeen também teve músicaa bem legais, a cada dia que passa eu me apaixono mais por eles. Hard Carro também fointeraja muito bom, mas prefiro fly!

    Texto terminado com sucesso :D Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mamamoo é um grupo maravilhoso, né? Já estou aguardando para saber o que essas quatro irão aprontar nesse ano. IOI eu demorei para conseguir gostar, Whatta Man foi a música que me fez viciar no grupo - e o Heechul dançando Pick Me foi um dos melhores vídeos que eu já vi na minha vida.
      Realmente, é impossível ficar parado quando começa a tocar a música de algum desses grupos, né? Já vai mandando uns passinhos, haha. Taeyeon é a minha deusa, mas as músicas dela normalmente são lentas demais pro meu paladar, por isso gostei tanto de Why.
      EXID é um grupo incrível, independente de você gostar de K-POP há bastante ou pouco tempo, o que não dá para negar é que as meninas são ultra talentosas e só lançam músicas boas.
      Save Me é muito boa mesmo, mas ainda fico com Fire, gente, eu amei essa música! Esse post foi mais sobre MVs, se não eu teria colocado 21 Century Girls, essa sim foi a minha preferida do grupo no último ano.
      Fly também é incrível! <3

      Beijos!

      Excluir
  2. Oiii :)
    ADOREI as suas músicas favoritas de 2016. Eu acompanhei cada um dos lançamento dos girlgroups que vc citou e amei a grande maioria. Só de vc ter colocado Someone Like You e Whoo já deixou o post maravilhoso, bem que o Rainbow podia não ter dado disband, vou sentir falta. Seu gosto musical é maravilhoso hahaha
    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Mari, tudo bom?
      Someone Like You e Whoo são músicas incríveis, é realmente uma pena que o Rainbow tenha acabado, as meninas são tão maravilhosas. Mas ficamos na torcida para que esse seja um ano melhor para o Dal Shabet, né?

      Beiiiiiijos e muito obrigada. <3

      Excluir
  3. Tem umas que eu não conheço mas gosto da maioria dessas músicas. De início eu também não gostava de Whistle, só Boombayah, mas depois de um tempo eu achei legal a coreografia e acabei viciando! Mas Playing With Fire é minha favorita delas, tanto na música quanto coreografia ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aproveita para escutar as que não conhece, tenho certeza que vai gostar. <3
      Playing With Fire eu já gostei de primeira, mas realmente, Whistle demorou um pouquinho pra pegar. Acho que por ter sido lançada junto a Boombayah, que já é mais viciante mesmo, rs.

      Beijos!

      Excluir
  4. Olha não sou tão ligada em K-pop, mas ultimamente andei escutando alguns sonzinhos e até que o pessoal de lá manda bem. Comecei quando escutei um cover da música d Ariana Grande "Into You". Mas, não lembro o nome do rupo dos meninos. Vou dá uma escutada nas músicas da sua playlist.

    Até mais!
    Karolini Barbara
    womenrocker.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não faço ideia de qual grupo é esse que fez cover da Ariana Grande, não lembro de nenhum, só de uma música de K-POP mesmo que possui o mesmo nome. Mas fico feliz em saber que esteja dando uma chance ao estilo. Pode parecer meio estranho de primeira, mas é muito gostoso de ouvir. <3


      Beijos, quase xará!

      Excluir
  5. Eu sou muito fã de Dalshabet tipo:MUITO MESMO!Eu escuto Someone Like You praticamente todos os dias desde que lançaram e é um hino pra mim,mas as meninas são de certo modo flops e isso doí meu coração por serem meu grupo utt. Adorei os grupos da lista, mas queria agradecer por ter lembrado principalmente delas, obrigada, obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jurava que tinha respondido esse comentário, desculpe. Também sou muito fã de Dalshabet, acompanho elas já há alguns anos e fico muito triste com todo o descaso que a indústria do K-POP e os próprios fãs do estilo musical tem com elas, sendo que o rupo possui uma discografia excelente, mas não é dono de nenhum sucesso.

      Eu que tenho a agradecer por poder ter contato com mais fãs de Dalshabet, as meninas merecem muito!

      Excluir