As melhores frases de Simon vs A Agenda Homo Sapiens

by - março 29, 2018


Simon vs A Agenda Homo Sapiens já entrou para a minha lista de livros preferidos. Foi uma leitura incrivelmente fluída, fácil e gostosa que me proporcionou bons momentos do início ao fim, apaixonada pelo carisma dos personagens e o desenrolar do protagonista nessa fase cheia de mudanças que é o fim da adolescência. Separei algumas frases e trechinhos para marcar saudades da obra, usar como legenda de fotos no Instagram ou até mesmo usar como aquela referência cheia de efeito em conversas com outros leitores - ou não. Confira o recorte:

"Um hétero que mal me conhece está me aconselhando a sair do armário. Sou praticamente obrigado a revirar os olhos."

"Sério, não há nenhuma parte de mim que se importe com o bem-estar de assassinos, templários ou de qualquer personagem de jogos. Mas acho que preciso disso. Preciso da violência dos vídeo games [...]"

"Vocês sabiam que Freud interpretava os próprios sonhos quando estava desenvolvendo sua teoria? E acreditava que todos os sonhos são uma forma de realização inconsciente das vontades?"

"Sabe, o ensino fundamental é um show de horrores sem fim."

"A puberdade é impiedosa."

"Certas meias não devem ser lavadas pela sua mãe."

"Nada é pior do que a humilhação secreta de ser insultado por semelhança."

"Tento manter o equilíbrio entre simplicidade e ousadia."

"Acho que gostava de me imaginar com uma identidade secreta complexa."

"Parece que somos os últimos sobreviventes de um apocalipse zumbi."

"Até onde sei, sair do armário não é uma preocupação na vida dos garotos héteros."

"Tudo o que eu faço é sair do armário. Tento não mudar, mas estou sempre vivendo essas pequenas mudanças. [...] E, todas as vezes, preciso me reapresentar para o universo."

"Você já se sentiu preso dentro de si mesmo?"

"Tudo fica um milhão de vezes mais suportável quando você não está em uma carteira."

"Sentir-se seguro quanto à masculinidade não é a mesma coisa que ser hétero."

"Meu corpo todo vira gelatina."

"Deus abençoe esses cookies!"

"Eu me sinto irrelevante. Odeio me sentir assim."

"Você derrubou seu próprio muro."

"Você não acha que todo mundo devia ter que sair do armário? Por que o comum é ser hétero?"

"Eles me colocam em uma caixa, e toda vez que tento abrir a tampa, eles a fecham de volta. É como se nada em mim pudesse mudar."

"As pessoas são um lixo."

"Você já tentou comer seus sentimentos? Ouvi dizer que Oreo pode ser terapêutico."

"Acho que gosto de saber que nos conhecemos mais por dentro do que por fora."

"Nossos dedos mindinhos estão a uns dois centímetros de distância, e é como se uma corrente elétrica invisível passasse entre eles."

"É quase perfeito demais. Quase Disney demais."

"Tem uma grande parte de mim que eu ainda estou experimentando."

"E talvez seja mesmo uma coisa boa que a gente nunca pare de surpreender os outros."

Qual a sua frase preferida do livro?

Veja também:

0 comentários