Destaque da Semana: O menino que falava a língua dos cães

by - março 03, 2018


O destaque da semana no Elfo Livre é o livro francês "O menino que falava a língua dos cães" (original: L'enfant qui savait parler la langue des chiens), da autora Joanna Gruda, que foi publicado pela Bertrand Brasil em fevereiro de 2018. Trata-se de uma comovente e verídica história de uma infância incomum em meio a guerra.

O protagonista do livro é Julian Gruda, Jules Kryda e Roger Binet, um garoto de 14 anos com muitas identidades, filho de pais poloneses e comunistas, que tem sua história contada e romanceada hoje, neste livro, por sua própria filha, Joanna Gruda, décadas e décadas após os ocorridos relatados, que começam em Varsóvia, no início da Segunda Guerra Mundial, e terminam na Paris liberta. 

Diante as reviravoltas do destino, aquele cujo nome é inspirado no revolucionário polonês Julian Marchlewski nos ensina, por meio deste livro, uma lição de sobrevivência, esperança, força e da militância que corre no sangue de sua família e o acompanha desde o nascimento, quando sua mãe, figura importante do Partido Comunista, achava melhor abortá-lo, mas o pai e outros membros do partido acreditavam que uma nova geração de revolucionários seria bem-vinda. E assim Julian nasceu.

No período de guerra, viveu com várias famílias sob diversas identidades, atuou como agente secreto da Resistência, cresceu em um orfanato, mesmo tendo pelo menos duas mães, e aprendeu a falar a língua dos cães, fato que leva o nome do livro e a admiração de muitos de seus colegas da época.

Joanna Gruda descreve uma infância incomum em que, pelos olhos do pai ainda criança, apresentam aos leitores os desoladores dias de guerra, com toda a sua veracidade trágica. Em seu relato, destaca-se a a capacidade de um menino de sobreviver em meio ao cenário agoniante da ascensão de Stalin com uma inabalável esperança e sua habilidade de conversar com os animais. 


O livro já está disponível a venda.

Compre o seu:

Veja também:

0 comentários