Companhia das Letrinhas | Destaques do primeiro semestre de 2018

by - julho 16, 2018


A Companhia das Letrinhas, selo infantil da Companhia das Letras, já garantiu muitos ótimos lançamentos literários para os pequenos - ou para grandes de coração jovem - somente no primeiro semestre do ano. Confira, nesta publicação, alguns títulos de destaque que você não pode deixar de conhecer, independente de sua idade:


A parte que falta
Autor: Shel Silverstein
Tradução: Alípio Correa de Franca Neto

O protagonista desta história é um ser circular que visivelmente não está completo: falta-lhe uma parte. E ele acredita que existe pelo mundo uma forma que vai completá-lo perfeitamente e que, quando estiver completo, vai se sentir feliz de vez. Então ele parte animado em uma jornada em busca de sua parte que falta. Mas, ao explorar o mundo, talvez perceba que a verdadeira felicidade não está no outro, mas dentro de nós mesmos.
Neste livro, leitores de todas as idades vão se deparar com questionamentos sobre o que é o amor e quanto dependemos de um relacionamento ou parceira para nos sentirmos plenamente felizes.


Sombra
Autor: Suzy Lee

A aventura começa quando uma menina acende a lâmpada de seu sótão. De repente, um mundo novo aparece diante de seus olhos. Todos os utensílios guardados se transformam em seres completamente diferentes: borboletas, elefantes, lobos… uma floresta inteira! E com eles a pequena dança, ri, se esconde e derrota monstros com dentes afiados. Quando ela é chamada para o jantar, precisa apagar a lâmpada, fazendo o mundo de sombras desaparecer das páginas. Mas ele continua guardado carinhosamente nas lembranças da menina e do leitor.
Com elementos simples e apenas duas cores, Suzy Lee cria, neste livro-imagem, um cenário que capta perfeitamente a alegria das brincadeiras e enaltece o poder da imaginação.


Canarinho, cachorrão e a tigela de ração
Autor: Sylvia Orthof
Ilustrador: Ionit Zilberman

Dona Elfrida arruma com capricho a comida de Duna na tigela, mas a cadelinha está cansada da ração... Quem sabe não encontra algo diferente na cozinha?
Justamente nessa hora, lá no alto do telhado, pousa um canarinho. Vê a tigela, não há ninguém por perto, se aproxima. Dá uma bicada e que surpresa: como é deliciosa esta refeição! Para dividir prato tão gostoso, convida o pardal, o azulão e o periquito.
Na geladeira de dona Elfrida, Duna só encontra legumes e verduras. O melhor a fazer é voltar para a ração. Mas será que sobrou algum grão?
Por meio de jogos de sons e rimas, Sylvia Orthof constrói uma divertida trama para crianças em fase de alfabetização que envolve uma tigela de ração, uma cadela enjoada e um canarinho esfomeado.


A guerra do pão com manteiga
Autor: Dr. Seuss
Tradução: Bruna Beber

Os Azuizinhos e os Laranjinhos são dois povos muito parecidos, mas que se acham bem diferentes. Isso porque eles não concordam de jeito nenhum em uma coisa: como passar a manteiga no pão. Por causa dessa diferença, eles resolveram construir um muro entre suas terras, assim poderiam ficar separados de vez de quem não pensava igual a eles. E se algum inimigo se aproximasse… A guerra poderia começar a qualquer momento!
Nessa história em versos inspirada na Guerra Fria, Dr. Seuss provoca reflexões sobre o convívio em sociedade e a aceitação do diferente. Com um final aberto, cabe ao leitor decidir como essa disputa vai acabar.


Malala e seu lápis mágico
Autor: Malala Yousafzai
Ilustrador: Kerascoët
Tradução: Lígia Azevedo

Quando era apenas uma menina vivendo no Paquistão, o maior desejo de Malala era ter um lápis mágico. Mas quando seu direito à educação foi colocado em perigo por homens que acreditavam que meninas não deveriam ir à escola, Malala percebeu que a sociedade em que vivia precisava de mudanças imediatas. Só então ela foi capaz de enfrentar grandes obstáculos até encontrar dentro de si a força e as ferramentas necessárias para mudar o mundo.
Em seu primeiro livro infantil, a garota paquistanesa ganhadora do Prêmio Nobel da Paz, retorna à própria infância para apresentar sua história aos pequenos leitores e inspirar uma nova geração a quebrar o silêncio para transformar o mundo em um lugar melhor.


Dudu e o plástico bolha
Autor: Stela Greco Loducca
Ilustrador: Jean-Claude R. Alphen

Quando uma encomenda embrulhada com plástico bolha chega na casa de Dudu, sua imaginação começa a funcionar a todo vapor. Mas se você acha que ele quer descobrir o que tem dentro do pacote, está enganado: Dudu está mesmo animado com o plástico! Que pode se transformar em um balão mágico, nas ventosas de um polvo gigante ou em uma touca de banho muito louca…
Depois de se divertir pra valer em Dudu e a caixa, quais serão as aventuras do menino com seu mais novo brinquedo? Ao final do livro, o leitor pode exercitar seus conhecimentos sobre a história com atividades e passatempos.


Cantigas por um passarinho à toa 
Autor: Manoel de Barros
Ilustrador: Kammal João

Neste livro de poemas que Manoel de Barros escreveu para as crianças, o mundo parece um grande faz de conta. Ele é cheio de palavras que brincam com a gente e de acontecimentos típicos do imaginário das crianças. Árvores que falam, ventos que cantam, algazarras de cigarras, um menino que mora numa garça e até uma rã que sonha ser passarinho são algumas das personagens que brincam com o leitor, conduzido por este grande artista das palavras.


A parte que falta encontra o grande O
Autor: Shel Silverstein
Tradução: Alípio Correa de Franca Neto

A parte que falta está em busca de alguém para completar. Após ser abandonada pelo ser circular, ela aguarda um par perfeito em que possa se encaixar. Ela quer conhecer o mundo, e precisa de alguém que a faça rolar. Mas muitos seres não sabem nada sobre encaixe, outros já têm partes demais e alguns não sabem nada de nada. A parte que falta até encontra um encaixe perfeito, mas sua jornada juntos dura muito pouco. Até que ela se depara com o Grande O, um ser completo, que rola sozinho, e que pode dar a ela um ensinamento que mudará seu modo de enxergar a vida.
Nesta história, leitores de todas as idades vão refletir junto com a parte que falta sobre como podemos nos transformar e descobrir como evoluir nosso amor-próprio. Afinal, será que não podemos todos rolar por nós mesmos em nossas jornadas?


Minha casa
Autor: Lorena Caz

Uma casa pode ser grande, pequena, de palha, de madeira, de tijolo, um ninho, uma toca ou até uma nuvem. Tudo depende de onde você se sente mais acolhido e feliz.
Com ilustrações cativantes, a artista plástica Lorena Kaz convida os pequenos leitores a um passeio pela casa de uma menina — que, no fim das contas, acaba se provando muito maior do que ela própria imaginava.


Ah, os lugares aonde você irá!
Autor: Dr. Seuss
Tradução: Bruna Beber

O protagonista desta história iniciou sua jornada pelo mundo, e sabe que vai passar por muitos lugares diferentes em seu caminho. Ele tem autonomia para escolher sua caminhada, mas pode se deparar com algumas adversidades, parar em Apuros ou ter que sair da Pior. Mas ele também vai conhecer destinos bons e vivenciar momentos inesquecíveis. Afinal, o que importa é que a jornada será por Lugares Incríveis.
Com as rimas e os cenários surreais típicos da obra de Dr. Seuss, os leitores são incentivados a encontrar o sucesso e a completude dentro de si próprios, e a encarar a vida com otimismo e diversão.


Cobra-tatu
Autor: Rodrigo Naves
Ilustrador: Luísa Amoroso

O tuíste é um ritmo movido a rock ‘n’ roll que marcou a década de 1960, e nada tem a ver com os animais que vivem tranquilamente nas florestas do Brasil. Mas, nesta narrativa escrita em versos, esses dois temas se encontram quando uma cobra entra sem permissão na toca de um tatu — e uma briga começa a se desenhar. Se não fossem os passos do tuíste, essa comédia certamente acabaria em tragédia.

Qual o seu lançamento preferido?

Veja também:

2 comentários

  1. Eu amo tanto esses livros mais infantis, que de infantil tem nada e pode ensinar muito aos adultos, rs. A parte que falta é muito emocionante. E eu li também o da Malala e achei muito bacana, de uma sensibilidade única. Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  2. Eu to apaixonada pelas capas desses lindos!
    Principamente o do plástico bolha!Tão fofo!

    - Conheça meus blogs:
    Blog Meu Baú de Estrelas
    Blog Bilhetes de Busan


    ResponderExcluir