Bring the Soul mostra os comoventes bastidores dos shows do BTS

by - agosto 12, 2019


Bring the Soul é o terceiro filme do BTS, septeto sul-coreano que tem conquistado o mundo com sua música, seu talento e seu carisma. Lançado nos cinemas de diversos países, incluindo o Brasil, arrastou multidões de fãs em sessões lotadas para conferir este projeto que mostra os bastidores da turnê mais recente dos garotos, com seu lado emocional e humano em foco com comoventes relatos e filmagens.

Sinopse: Após o último dia da turnê "Love Yourself" na Europa, os integrantes do boygroup BTS contam histórias pessoais, permitindo que os fãs conheçam o grupo em sua intimidade. Os sete cantores compartilham momentos icônicos da turnê com apresentações ao vivo e bastidores, revelando tudo o que está por trás de suas grandes produções.


O filme é bem intimista, permitindo uma aproximação dos fãs com os integrantes do grupo: acompanhamos um janta dos garotos em Paris e, enquanto eles comem e bebem vinho, conversam sobre os melhores momentos da tour, com filmagens oficiais e exclusivas de algumas das cidades por quais passaram que revelam momentos em cima e fora dos palcos.

Estes momentos despertam as mais variadas emoções: alguns são divertidos e provocam risadas, mostrando o lado descontraído dos meninos, enquanto outros chegam a apertar o coração ao vê-los cansados, chorando ou mesmo machucados. Com essa ambiguidade, vem o lembrete de que os garotos, por mais surreais e perfeitos que possam parecer, são humanos com fraquezas assim como nós e merecem respeito e descanso.


As imagens incluem, ainda, cenas muito particulares como os garotos em seu sono (com o Jin sempre agarrado ao seu boneco do RJ, a coisa mais fofa do mundo), passeios para um ar fresco e desabafos sobre cansaço, dores e inseguranças, compartilhando seus verdadeiros sentimentos com o fandom em uma incrível relação de confiança e transparência.

Como dito, além dos bastidores da turnê o filme nos permite dar uma breve olhada no resultado final, mostrando trechinhos de algumas apresentações dos garotos, como Idol e Anpanman, contando ainda com imagens rápidas de outras performances e momentos marcantes, somente para termos uma noção dos frutos de tanto sangue, suor e lágrimas, literalmente.


Já nas cenas no hotel em Paris, o coração fica quentinho ao vê-los se alimentando, rindo e descansando após uma turnê tão trabalhosa: foram 42 performances em 20 cidades de 12 países diferentes e, como exibido no "por trás das câmeras", os rapazes deram o melhor de si e merecem uma folga, boa comida e momentos para relaxarem.

A sensação deles, mesmo somente um dia após o fim da tour, já é de nostalgia. Seus comentários incluem até mesmo lembranças do dia em que vieram ao Brasil, arrancando gritos dos fãs que lotaram as sessões brasileiros em corpo e alma. Entretanto, a passagem pelo Brasil não chegou a ser mostrada, uma vez que faz parte da Speak Yourself Tour.


Com a notícia dada neste domingo (11) de que eles tirarão uma merecida pausa para descansarem, o Army também poderá dormir em paz por saber que os meninos finalmente poderão repor todas as energias muito bem gastas nestes seis anos de trabalho duro - mas que estão sendo recompensadas com todo o amor e carinho que eles têm recebido do público, que ficou muito evidente na tour e no filme, com estádios e sessões lotadas.

Com tudo isso em mente, Bring the Soul é um filme perfeito para os fãs, feito com muito amor para retribuir o amor recebido em uma troca eterna e afetuosa que há entre o talentoso BTS e seu caloroso fandom. Infelizmente sua permanência nos cinemas durou poucos dias, mas dará origem a uma nova série-documentário de mesmo nome que estreia em 27 de agosto no Weverse, mostrando ainda mais materiais exclusivos e imperdíveis sobre esses garotos que tanto amamos, para os fãs que tanto os amam.

BTS, nós te roxamos!

Veja também:

0 comentários