6 séries que marcaram minha infância


Após comentar sobre desenhos e programas da TV Cultura que marcaram minha infância, resolvi comentar um pouco sobre os seriados que eu tanto assistia nessa época - e que, ao menos alguns deles, vejo até hoje. Dentre os seis escolhidos, cinco eram exibidos pelo SBT, qual considero o melhor acervo de seriados na televisão aberta nacional. Que tal conferir?

Eu, a Patroa e as Crianças

Começando com meu preferido, obviamente. Eu, a Patroa e as Crianças (do original "My Wife and Kids') foi uma série de comédia norte-americana transmitida originalmente pela ABC entre 2001 e 2005. Essa família maluca, composta por Michael, Janet e os filhos Jr, Claire e Kady, diverte o público ao aprontar as mais diversas situações.

O relacionamento deles é intenso, mas mesmo com tantas brigas e discórdia sempre foi bem óbvio o amor que um sente pelo outro. Aliás, quem nunca gritou pela jarra de leite vazia na geladeira, não surtou em uma viagem ou marcou um evento onde tudo deu errado? Eis aquela frase clichê do "acontece nas melhores famílias".

As Visões da Raven

Uma das que eu mais assisti, com toda a certeza. That's So Raven é uma série original da Disney Channel que também foi exibida no Brasil pelo SBT, alegrando as tardes de muitos telespectadores com as maluquices dessa vidente que quanto mais tentava salvar o mundo, mais piorava a situação. 

Apesar da incrível protagonista Raven, quem chamava mesmo a atenção eram seus melhores amigos Eddie e Chelsea, além de seu irmão mais novo Cory que posteriormente recebeu uma série solo, Cory in the House. 

Arnold

Diff'rent Strokes recebeu diversos nomes no Brasil, mas era exibida no SBT pelo nome de Arnold. Transmitida originalmente pela NBC entre 1978 e 1986, a sitcom conta com oito temporadas que abordam preconceito racial e adoção, principalmente.

Aqueles que assistiam ao seriado adotaram seus bordões, tornando-a ainda mais popular no país. A principal frase era "que papo é esse, pai?" ou "que papo é esse, Willis?", dita pelo protagonista toda vez que se encontrava perplexo em frente a algum assunto, referindo-se na maioria das vezes ao pai ou ao irmão mais velho.

Três é Demais

Full House (Três é Demais, no Brasil) é um famoso seriado de comédia dos anos 80/90, concluído em oito temporadas. O sucesso foi tanto que, recentemente, a série recebeu uma continuação com o nome de Fuller House, qual mostra a vida da família na atualidade, com o elenco antigo e novos membros. Infelizmente, as gêmeas Olsen recusaram a participação, mas sempre são citadas.

A nova fase é uma produção da Netflix, que com o enorme número de acessos resolveu também surpreender os fãs ao adicionar as temporadas originais. Agora, todo o seriado pode ser assistido diretamente pela provedora, trazendo toda a nostalgia que antes presenciávamos em nossos televisores pelo SBT.
PS: O tio Jesse continua uma gracinha!

Todo Mundo Odeia o Chris

De toda a lista, eis o único seriado que não era transmitido pelo SBT, mas sim pela Record - e que ainda é exibido até hoje. Everybody Hates Chris é um sucesso dos anos 2000, comédia inspirada nas experiências do humorista Chris Rock, qual é interpretado por Tyler James Williams em suas quatro temporadas. 

Passada no Brooklyn dos anos 80, Chris vive sua adolescência com muito bullying (é o único aluno negro da sua escola), sua família adoidada e o melhor amigo Greg. Os personagens mais amados (e loucos) da série são seus pais, Julius e Rochelle, quais diálogos e bordões fazem enorme sucesso no cotidiano e nas redes sociais, como populares memes. 

Chaves

Provavelmente o seriado mais popular e amado em território brasileiro, os mexicanos de Chaves (Chavo del 8, no original) estrearam nos anos setenta, mas demoraram pouco mais de uma década para chegar aos televisores do Brasil, pelo SBT. A série foi tão bem recebida pelo público brasileiro que continua a ser exibida e adorada até os dias de hoje, tendo seus bordões repetidos por pessoas de todas as idades. 

O reconhecimento também é dado por parte dos atores, que (os que permanecem vivos) continuam a visitar o país e interpretar os famosos personagens em teatros, participando também de programas de auditório. Roberto Gomes Bolaños, criador do seriado e intérprete do protagonista Chaves, infelizmente faleceu em novembro de 2014, causando enorme comoção em toda uma legião de fãs e adoradores.


E aí, qual dessas séries é a sua preferida?

Veja também

8 comentários

  1. No meu caso como eu só assistia tv a cabo a maioria das minhas seires da infância era da Nick (Ned, Drake e Josh, Zoey 101... mas o melhor de todos para mim sempre foi KENAN E KEL ♥) e algumas da Disney, mas Chaves eu não perdia de forma nenhuma *o*
    Chris eu assisti depois da infância xD Raven eu assistia também mas não era dos meus favoritos

    Post novinho ^__^ até
    Blog:ShyandBrave

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não tinha TV por assinatura, só fui conseguir uns 5 anos atrás ou menos, passei minha infância toda em frente aos canais abertos mesmo, então conheço tudo que fazia parte da programação do SBT e TV Cultura nos anos 2000. <3

      Esses seriados da Disney e Nick eu conheço também, mas não assisti muito, só os que passavam na Globo mesmo como iCarly, que era o meu preferido. Beijos!

      Excluir
  2. Assisti todaaas no sbt mesmo. haha Nunca vou me cansar desses seriados! Eu assisto até hoje e dou risada como se estivesse assistindo pela primeira vez. Assim que colocaram Full House na netflix eu corri pra assistir tudo de novo, já estou na penúltima temporada. <3


    Relíquias da Lara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou louca para assistir Full House na Netflix, só não comecei ainda porque tenho uma lista imensas de filmes para ver antes, se entrar no universo dessa série de novo eu não saio enquanto não acabar hahahha.

      <3

      Excluir
  3. Sbt ❤ Dessas ai que você pós quais eu não gosto, nenhuma a que eu menos vi foi Arnold mas ainda assim cheguei a assistir. todas super engraçadas gente como eu sinto falta dessa atriz das visões da Raven, eu adorava essa serie, acho que sabia de cor os episodios, pode se dizes que é minha seria favorita da disney. Esses dias também estava me lembrando de Eu a patroa e as crianças, eu adoro essa também o cotidiano de uma família ate que bem próximo do normal tirando alguns eventos muito loucos, ah deu saudade.
    Jardim de Sereia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu a Patroa e as Crianças sempre foi o meu seriado preferido, choro de rir em todos os episódios e ainda tenho algumas falas muito bem decoradas AUHUAHUHU
      Saudades demais, né?

      Excluir
  4. Acredita que eu amo a maioria dessas? Só não suporto a Raven, achava ela muito fútil e chata, cheia de coisa. Mas sinto tanta falta de três é demais, e Eu, a patroa e as crianças. Pena que esta ultima não teve um final certo. Deixou uma vontade de quero mais. Arnold eu via as vezes mas gostava mesmo assim. Todo Mundo Odeia o Chris me marcou demais. Chaves nem se fala ahaha
    http://rumorandhorror.blogspot.com.br/
    http://instagram.com/ScornOfMoon

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chaves deve ter sido a série que mais marcou em todos, né? Hahaha. E realmente, Eu, a Patroa e as Crianças merecia um final digno, foi tudo tão equivocado, mas pelo menos tivemos a chance de conferir todos esses episódios incríveis enquanto durou, né? <3

      Excluir