Minha Vida Fora de Série | Resenha Literária

by - abril 13, 2017


A trilogia "Minha Vida Fora de Série" é um dos grandes sucessos da escritora brasileira Paula Pimenta, com seu primeiro volume (ou temporada?) lançado em 2011 pela Editora Gutenberg. "Mudar de cidade sempre é difícil, mas fazer isso na adolescência é algo que deveria ser proibido. Como começar de novo em um lugar onde todos já se conhecem, onde os grupos já estão formados, onde ninguém sabe quem você é? A princípio, Priscila não gosta da ideia, mas aos poucos percebe que pode usar isso a seu favor, tendo a chance de ser alguém diferente e que, além da nova cidade e dos seriados de TV, há algo mais importante a se conhecer: ela mesma".

Essa evolução pessoal de Priscila caminha graças a mãozinha de pessoas que se comprometem a ajudá-la nessa nova fase de sua vida, como a mãe-irmã-conselheira, a cunhada fada-madrinha, a professora dos sonhos e a prima guia que lhe dá o primeiro empurrão. Mesmo a presença dos garotos, seja com a crueldade de Marcelo, seja com o romance difícil de Rodrigo, é importante para seu conhecer interior e progresso.

Super contemporâneo, as séries televisivas revelam-se como além de um chamativo ou simples citações ao longo do corpo do texto e trechos no início de cada capítulo, mas um elemento essencial para o desenvolvimento da protagonista que enxerga sua própria vida tão semelhante ao enredo de títulos como Gilmore Girls, Smallville e Friends.


Como não só de seriados se vive, outros dois ingredientes entram em cena: a música e a poesia. Por elas Rodrigo manda indiretas e dicas sobre seus sentimentos a Priscila, que recebe, compreende e retribui, mesmo com insegurança. Sons de artistas como Cassia Eller e Maroon 5 marcam presença, e além dos poemas originais de Rodrigo a autora deixa um pouquinho de si no universo de MVFS ao incorporar sua poesia "Você" a trama, texto que faz parte do seu livro Confissões.

Marketing ou easter egg, Fani e Leo, personagens de sua outra saga literária Fazendo Meu Filme (2008) orbitam o círculo de amizades da protagonista de Minha Vida Fora de Série. Apesar de ter sido lançado somente em 2011, dentro do universo literário de Paula Pimenta os acontecimentos de Minha Vida Fora de Série são narrados três anos antes dos da outra obra.

Paula é uma mineira nascida em 1975, graduada em Publicidade e com obras traduzidas para espanhol e italiano. Escreveu também adaptações de contos de fadas publicados como "A Princesa Adormecida" e "Cinderela Pop", além de participar de "Um Ano Inesquecível" ao lado de Babi Dewet, Bruna Vieira e Thalita Rebouças.


Sua linguagem simples e fluída é essencial para o desenvolvimento de uma leitura suave. No livro em questão, ainda abraça outros gêneros textuais em meio ao texto, como a carta, e-mail e SMS com conversas via redes sociais, o que acrescenta mais da atualidade juvenil e deixa o livro tão moderno a ponto de atingir não somente seu público alvo, meninas em sua pré-adolescência, mas também aos mais velhos. Independente da idade, é possível identificar-se dentro dessa suprarrealidade e aproveitar a excelente produção textual que Minha Fora Fora de Série é. 

Veja também:

2 comentários

  1. Eu morro de vontade de ler todos os livros da Paula, todas as resenhas que li de suas obras são super boas e acho que nunca li nada negativo sobre. O problema mesmo é o meu bolso hahah os preços dessa série de livros, por exemplo, é bem salgadinho :/

    Beijos,
    literarizandomomentos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é o primeiro livro que leio dela, mas já fiquei tão apaixonada que mal consigo esperar para devorar o próximo, só falta comprar hahaha infelizmente eles são um pouco salgadinhos mesmo, mas vale a pena, dinheiro ultra bem gasto!

      Beijos.

      Excluir