9MUSES lança Love City e merece a sua atenção


As meninas do 9MUSES (que atualmente são só quatro) nem chegaram a se despedir dos palcos dos programas músicas com a música Remember e já estão de volta para promover Love City, seu último lançamento que está dando um show de qualidade. 

Com uma batida bem night club e aquela sensualização de leve que já é marca registrada do grupo, essa era a música que faltava para dar o devido valor a estação de comebacks de verão. A música animada e dançante poderia facilmente ser tocada em uma casa noturna que todos correriam para a pista de dança de tão convidativa que é.


Neste trabalho, apesar da maturidade já citada, as meninas agregam sussurros e aegyos que, mesmo que não pareça, combinam com o restante. A coreografia bem feminina, girl power, e a boa e velha soletração de "L O V E", com socos em ursinhos de pelúcias e um boneco Ken assassinado mostram mais uma vez as meninas no controle da relação. Essa mistura de sabores dá certo.

Dentre alguns dos destaques desta produção, evidencio os clores sem contato visual, em que as meninas ficam de lado para a câmera e fazem caras e bocas para o vazio. Não lembro de ter visto isso em nenhum outro MV, e adorei. Plaquinhas e mãos que aparecem mais ao fim do MV apresentam trechos em inglês da música, e apesar de ser algo já bem passado, não deixa de ser um dos meus clichezões preferidos - assim como a famosa cena de amigas se divertindo em uma viagem de carro. Não cansa nunca. 


Arrisco ainda dizer que este foi o comeback da integrante Keumjo, que recebeu grande destaque tanto na música como no vídeo, com a perfeita e não exagerada mistura de suas expressões fofas ao corpo sensual, atuando meigamente ao lado do urso de pelúcia que levou umas porradas. A garota arrasou em suas expressões durante o vídeo, e merece reconhecimento pelo feito.

Love City faz parte álbum Muses Diary Part. 3: LOVE CITY, repackage de seu trabalho anterior Muses Diary Part.2: IDENTITY, qual ainda estavam promovendo a faixa Remember até o lançamento desta. Fora a título, não há nenhuma faixa nova nesta repaginação do álbum, mas ela é tão boa que vale por quinze lançamentos. Será que dessa vez o público dará uma chance às injustiçadas do K-POP?

Veja também

0 comentários