Filme sul-coreano 'Burning' chega aos cinemas brasileiros em novembro

by - outubro 22, 2018


Com distribuição da Pandora Filmes, o filme sul-coreano Burning chegará aos cinemas brasileiros ainda neste ano, em novembro, sob o nome de Em Chamas. A produção é mais um trabalho do diretor Lee Chang-Dong e foi indicado ao Oscar de 2019 pela Coreia do Sul, também escolhido como o melhor filme pela 71ª edição do Festival de Cannes.

O longa conta a história do reencontro entre o entregador Jong Soo e uma antiga amiga, Hae Mi, que está com viagem marcada para o exterior e pede ao rapaz que cuide de seu gatinho de estimação enquanto está fora. Surpreendentemente, a moça volta para a casa acompanhada do misterioso Ben, um jovem que conheceu na África, mas que está prestes a revelar a todos o seu hobbie peculiar - e piromaníaco.   


A trama de drama e suspense é baseada em Barn Burning, conto pelo japonês Haruki Murakami. Em seu país de origem, o filme foi oficialmente lançado no início do ano, em 17 de maio de 2018 e, pela primeira vez, chegará aos cinemas do Brasil. A estreia brasileira será em 1º de novembro, mas antes disso o filme será transmitido na 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo em cinco datas e lugares.

Confira as informações completas na imagem abaixo:


Quem protagoniza a produção são os astros Yoo Ah In (Chicago Typewriter), Steven Yeun (The Walking Dead) e Jeon Jong Seo (atriz novata). O diretor da trama já trabalhou ainda como produtor em um outro longa popular, Uma Garota à Porta (2014), estrelado por Bae Doo Na (Sense8) e Kim Sae Ron (The Man from Nowhere). Como diretor, seu último trabalho foi há oito anos, em Poesia (2010), tendo sua estreia em 2007 com Segredo do Sol.

Segundo o Rotten Tomatoes, o filme Burning foi ainda muito bem recebido pela crítica, detendo uma classificação de 92%, a partir de 38 críticos com a nota média de 8.6/10. Confira o trailer da trama logo abaixo, com legendas em inglês:



Confira também o pôster nacional do filme:


Veja também:

2 comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Parece ser interessante! Fico feliz de filmes asiáticos estarem conquistando outros países, principalmente o Brasil <3

    Apenas eu, Day

    ResponderExcluir