Filhos da Floresta: Pocahontas e Bambi em campanha no Catarse

by - abril 28, 2019


Muitos de nós cresceram assistindo aos filmes de Bambi (1942) e Pocahontas (1995) produzidos pela Disney e, agora, estamos muito perto de conferir os textos que deram origem às animações em uma encantadora coleção da Editora Wish, atualmente em campanha de financiamento coletivo pelo Catarse. 

O projeto apresenta uma duologia ambientada na natureza, com uma nova edição de Bambi: Uma Vida na Floresta, texto original de Felix Salten, lançado pela primeira vez em 1923, e Princesa Pocahontas, romance de Virginia Watson publicado em 1916, mas inédito em nosso país. Confira detalhes das obras:


Bambi

A vida de Bambi na floresta começa feliz tranquila com seus amigos e os primos de Bambi, o frágil Gobo e a bela Faline. Mas o inverno chega, e Bambi descobre que a floresta está em perigo. A primeira nevasca torna a comida difícil de encontrar. O pai de Bambi, um belo cervo, desaparece na mata, deixando Bambi e sua mãe sozinhos. E então há o homem, que vem para a floresta com suas armas de fogo. Em uma narrativa emocionante e encantadora, Bambi precisará enfrentar uma jornada cheia de dificuldades para se tornar o Príncipe da Floresta.

Escrito por Felix Salten, "Bambi: uma vida na floresta”"foi posteriormente adaptado para as telas do cinema pelos Estúdios Disney, conquistando o coração de jovens e adultos de todas as idades por tratar de temas como infância, morte e abandono. Tradução por Petê Rissatti (alemão), tradutor de livros como O tatuador de Auschwitz e Wild Cards.


Pocahontas

Pocahontas nasceu perto do final do século XVI como filha do chefe Powhatan. Foi ela, conhecida como Matoaka por seu clã, que intercedeu em nome de John Smith em 1608 e depois persuadiu seu pai a trazer comida para os colonos famintos de Jamestown. Todos conhecem a história de como a princesa indígena salvou a vida do capitão John Smith, mas essa não é a história completa.

O romance "Princesa Pocahontas", escrito por Virginia Watson, nos narra, de forma mais fidedigna, a história de vida da famosa princesa indígena. O livro será traduzido para o português por Carolina Caires Coelho, tradutora de livros como Sweeney Todd e Outlander. A ilustração da capa é de Janaina Medeiros.


Os livros contam com 320 páginas cada, com capa em papel kraft sem laminação e miolo amarelinho com certificação ambiental, demonstrando uma preocupação em ser eco-friendly, assim como a mensagem transmitida pelas obras.

Na campanha, os livros podem ser adquiridos individualmente ou no box com as duas obras. O valor do seu investimento define ainda o recebimento de  brindes incríveis como marcadores, postais e um kit com necessaire de de algodão cru, artesanalmente tingida com silk preto, contendo dois sabonetes em barra veganos e naturais (100 a 110g cada) de dois aromas diferentes, artesanais, e uma esponja vegetal de Luffa.

Clique no link acima para ser redirecionado à campanha.

Veja também:

0 comentários