Adult Ceremony: o rito de entrada na vida adulta do K-POP

by - outubro 21, 2019


Adult Ceremony (성인식) é a uma música da cantora Park Ji Yoon, muito popular durante a primeira geração do K-POP, mas que continua sendo lembrada - e replicada - até hoje. Lançada em 2000, canção sobreviveu ao tempo e, desde então, tem sido utilizada como um rito de entrada na vida adulta por muitos artistas do K-POP.

Também conhecida como Coming of Age, a música fala sobre ter se tornado uma mulher e estar pronta para perder a virgindade, embora não utilize palavras explícitas para o ato: "Não sou mais uma menininha / Não hesite mais / Tanto quanto você esperou eu esperei por esse momento também". Confira a tradução completa no Letras.mus.com.

Dessa forma, muitas cantoras de K-POP costumam performar a música no ano em que completam a maioridade coreana. Como a própria letra sugere, o cover, geralmente apresentado em fanmeetings, shows ou programas televisivos, representa que a artista já não é mais uma criança.

Confira algumas performances já realizadas de Adult Ceremony:


Gahyeon (Dreamcatcher)

Gahyeon foi a mais recente performer dessa música, e a origem do post no Elfo Livre. A garota completou sua maioridade neste ano de 2019 e, cada vez mais, tem deixado sua imagem fofa e inocente de lado para mostrar aos fãs a incrível e madura mulher que está se tornando. Esse foi também o seu primeiro solo em quase dois anos de carreira, afirmando seu potencial como artista. Parabéns, Gahyeon!


Joy (Red Velvet), Chanmi (AOA) e Hayoung (A-Pink)

Na época, as maknaes (mais novas) de seus respectivos grupos provaram não só para suas unnies, mas para todos os fãs e espectadores, que já estão bem grandinhas. Todas as integrantes são nascidades em 1996 e, no ano de 2014, completaram sua maioridade. Dessa forma, faz todo o sentido a união para esse cover.


Twice

Quem pensa que o Twice só sabe fazer conceito fofo é porque não conhece o grupo. Em 2016, as integrantes Mina, Sana, Momo e Nayeon fizeram um cover de Adult Ceremony para o programa TWICE Private Life. Além das cenas de dança, o vídeo traz as meninas sensualizando em diversos ambientes de um prédio, vestidas à caráter. Da metade do vídeo em diante, trocam o vestido por camisa social e terno, quebrando os conceitos de feminilidade.


Yuri, Sooyoung e Seohyun (Girls' Generation)

As integrantes mais novas do SNSD, exceto YoonA, performaram ainda em 2007 a sua primeira versão de Adult Ceremony. O curioso é que há uma diferença de um ano entre cada integrante, sendo Yuri a completar 18, Sooyoung aos 17 e Seohyun, a maknae do grupo, ainda tinha apenas 16 anos quando o cover foi realizado.


Nine Muses

Enquanto o Girls' Generation mal tinha idade para performar essa música, todas as integrantes do Nine Muses já passavam dos 18 anos quando se apresentaram pela primeira vez com Adult Ceremony, em 2013. Elas voltaram a performar a música em 2015, em uma versão muito mais ousada e com vestidos vermelhos.


Sungjong (Infinite)

O maknae do Infinite quebrou com o paradigma de que somente mulheres poderiam performar Adult Ceremony como rito de passagem para a vida adulta. Durante o show de 2012, após completar maioridade, o integrante deu o melhor de si - com figurino e tudo! - em um cover respeitoso, trocando os pronomes femininos por masculinos. Sungjong sempre foi conhecido por ser excelente com coreografias originalmente femininas, e esse foi mais um arraso para a sua extensa lista. 


Entretanto, ainda que a música seja muito popular entre os fãs internacionais atuais de K-POP, poucos conhecem a versão original. Aproveite para assistir, logo acima, ao MV que deu origem a esse ritual entre idols coreanas, diretamente do túnel do tempo.

Qual a sua versão preferida de Adult Ceremony?

Veja também:

0 comentários