Escolha do editor

5/random/post-list

Ad Code

Anúncios

Vata se pronuncia sobre polêmica de plágio com coreografia do ATEEZ

Vata se pronuncia sobre polêmica de plágio com coreografia do ATEEZ

Na última semana, o dançarino Vata, líder do We Dem Boyz, foi acusado de plagiar um passo de dança de Say My Name, do ATEEZ, durante uma atividade de criação de coreografia no Street Man Fighter, competição entre dançarinos televisionada pela emissora coreana Mnet.

No programa, os participantes tinham que criar uma coreografia inédita para New Thing, música produzida por Zico exclusivamente para a competição. No entanto, os internautas rapidamente notaram que um dos passos "criados" por Vata em sua performance eram idênticos ao passo principal de Say My Name, música do ATEEZ.

As comparações ganharam ainda mais forças após, aparentemente, terem sido percebidas por um dos integrantes do ATEEZ. Em apresentações públicas recentes do grupo, o membro Wooyoung fez repetidamente o movimento de "biting" que, entre dançarinos, é utilizado para indicar que um passo foi plagiado. 


Anze Skrube, coreógrafo do ATEEZ, se pronunciou sobre a polêmica nas redes sociais, afirmando que a sequência em questão havia sido criada por John Sith em 2018 para o grupo de k-pop, que a utilizou na coreografia da música Say My Name, lançada no início de 2019. 

Agora, Vata finalmente se pronunciou, compartilhando em seu Instagram no dia 14 de outubro (fuso horário coreano):

"Aqui é o Vata.

Eu achei que era apenas um vento frio passageiro, mas agora decidi divulgar uma declaração para evitar mais mal-entendidos.

Primeiro, em relação à controvérsia, quando ouvi a música pela primeira vez, pensei imediatamente no deserto. Então eu imitei uma cena de um personagem aparecendo em uma motocicleta ou cavalo e criei esse movimento para a introdução. É por isso que há um movimento para iniciar a ignição da motocicleta em um primeiro momento, além de um chute traseiro e, finalmente, um movimento que sinaliza ao cavaleiro que chega e desce da motocicleta ou do cavalo, é assim que a sequência está conectada.

Acredito que a intenção por trás dessa sequência de movimentos é totalmente diferente da sequência de movimentos com a qual está sendo comparada.

Como quem ama a cultura da dança, acredito que é formidável respeitar os colegas artistas e coreógrafos da área. No entanto, não acho que este seja o caso agora, o que acho lamentável.

Independentemente do motivo, como a controvérsia surgiu parcialmente devido ao meu envolvimento, sinto-me apologético em relação aos espectadores de 'Street Man Fighter', bem como aqueles que torceram por We Dem Boyz. Eu retribuirei o fardo que causei através de performances ainda melhores. Obrigado."
ATEEZ e a KQ Entertainment ainda não se pronunciaram oficialmente.

Postar um comentário

0 Comentários

Anúncios 2

Ad Code