Momoland ataca com Baam e o hit já é garantido

by - junho 27, 2018


Para quem não dava nada para as garotinhas fofas que estrearam em 2016 com "JJan! Koong! Kwang", um exemplo prático do que é morder a língua: com toda a graça da terceira geração, Momoland tem ressuscitado, ao seu estilo, os potenciais hits divertidos que marcaram grupos da segunda geração, como Orange Caramel e Crayon Pop, dando o alívio cômico que há anos não se via sendo feito no K-POP - ao menos não com o mesmo sucesso e qualidade.

Com uma gravadora falida e já encarando a porta do fracasso há quase dois anos, Momoland segurou as barras e lançou, no começo do ano, a leve e dançante BBoom BBoom, que mesmo com um clipe pobre, todo em chroma key, e em pleno inverno coreano, tornou-se o grande hit da vez e levantou a carreira do grupo a níveis que ninguém poderia imaginar, hoje já passando a marca de 184 milhões de visualizações em seu MV . 

As meninas promoveram a faixa à exaustão, mas isso não foi motivo para descansarem: após uma rica versão japonesa ter sido lançada, o grupo já está de volta no mercado coreano para lançar a sua versão 2.0, mas tão incrível quanto, e garantir o sucesso novamente, agora na estação correta para tal.  Assim, Momoland joga Baam no mercado e o hit já é certo, mesmo com outros peixes grandes competindo pelos holofotes. 


Em geral, como pode ser conferido logo acima, trata-se de um trabalho bem semelhante a Bboom Bboom, colocando o grupo em uma margem de erro inexistente em comparação a receita de sua música anterior. Tanto no ritmo contagiante quanto na coreografia, é possível sentir alguns fortes elementos de Bboom Bboom, tornando a música não só inspirada na anterior, mas sim uma recriação da mesma. Até mesmo a função das integrantes parece ter sido mantida, quando Yeonwoo assume, novamente, um posto sedutor em meio às brincalhonas coreografias, e Daisy ataca com um rap profundo e sussurrada, apoiada em uma coreografia de break com Jooe. 

O que inegavelmente mudou é a qualidade da produção visual: com uma boa quantia em dinheiro na conta após o repentino sucesso de janeiro, sua gravadora, MLD, pôde fazer um bom investimento em figurino, cenografia e efeitos especiais para o novo trabalho do grupo. que apresenta uma perfeita mistura de elementos da cultura histórica sul-coreana a gracejos europeus, latinos e egípcios adotados pelas meninas em uma incrível caracterização. 


Com apenas um dia e algumas horas de lançamento, o grupo já ultrapassa a marca dos 5 milhões de visualizações, o que ainda não está nem perto de ultrapassar a marca alcançada por BBoom BBoom ao longo dos meses, mas que já é um grupo extremamente alto para um grupo que levou quase duas semanas para alcançar apenas o primeiro milhão com Freeze, sua música pré-sucesso, mesmo contando com a participação do popular Kim Jaehwan, do Wanna One, para o clipe oficial.

Não satisfeitas com a crescente fama na Ásia, o grupo vai aproveitar o momento de paixão internacional para, em outubro, realizar uma turnê pela América Latina que passará, inclusive, pelo Brasil, com show marcado para São Paulo no dia 24 de outubro - sim, em plena quarta-feira. Além do Brasil, o Chile e o México também estão inclusos na rota, com dois dias de diferença para cada show. 

Enquanto o show não chega, continuaremos a acompanhar o crescimento do Momoland e o sucesso de Baam na internet. Para ficar por dentro de tudo o que acontece com o grupo, siga suas contas sociais oficiais no Facebook, Twitter, Instagram e confira, também, a fanbase nacional do grupo para eventuais atualizações e novidades.

Veja também:

0 comentários