Eleanor & Park terá adaptação cinematográfica

by - junho 28, 2019


Eleanor & Park, livro de Rainbow Rowell, foi publicado em 2013 e é uma obra de grande sucesso entre os leitores e young adult. Desde seu lançamento, uma adaptação cinematográfica foi muito pedida e o momento finalmente chegou: foi confirmado no mês de maio que um filme está sendo desenvolvido

O roteiro está sendo escrito pela própria autora do livro, que também será a produtora executiva do filme. Rowell comenta: "Este livro está muito próximo do meu coração e sempre me senti muito cautelosa em adaptá-lo, mas todos na Picturestart e na Plan B têm tanto respeito pela história e pelos personagens. Eu realmente acho que não encontraria um grupo melhor de pessoas em quem confiar em Park e Eleanor - e mal posso esperar para ver este projeto ganhar vida."

A Picturesart, que adquiriu os direitos de adaptação, é responsável por grandes filmes como La La Land, Crepúsculo e Extraordinário, enquanto a Plan B é gerida pelo astro Brad Pitt. Não há dúvidas de que a obra está em boas mãos.

O elenco deve ser anunciado em breve, mas ainda não há previsão de lançamento. 


Não conhece o livro? Confira a sinopse:

Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e "grande" (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias.

Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.

Polêmica 

Apesar do livro ser muito querido, principalmente por sua personagem feminina trazer a representatividade gorda, fora do padrão de beleza, foi muito criticado pelo modo como se refere a Park, personagem asiático, com estereótipos preguiçosos que amplificam a sua "excentricidade" em um ambiente branco.

No Brasil a obra foi publicada pela editora Novo Século e a tradução de Caio Pereira amenizou algumas expressões pejorativas do texto original, tornando a polêmica menos perceptível aos leitores brasileiros.


Outras obras

Elanor & Park não é o único livro de sucesso de Rowell: dentre sua bibliografia destacam-se também Anexos (2011), Fangirl (2013), Ligações (2014) e Carry On (2015), Além dos quadrinhos Runaways (2017) e Pumpkinheads (2019).

Adquira o Elanor & Park pela Amazon e ajude o Elfo Livre a se manter no ar sem pagar nada a mais por isso. Basta clicar nesse link e realizar sua compra normalmente.

Veja também:

0 comentários