Primeira Vez Amor continua realista e doce em 2ª temporada

by - julho 30, 2019


Chegou à Netflix nesta sexta-feira (26) a segunda temporada de Primeira Vez Amor, ou My First First Love, drama sul-coreano original na plataforma de streaming. Dando continuidade aos eventos passados, segue no mesmo ritmo juvenil, com sua visão realista, mas ainda adocicada da juventude - que é a graça de todo o drama.

Ao abordar a vida de cinco jovens que acabam se unindo por acaso, a produção narra sem excesso de romantização o drama que é a passagem da adolescência para a vida adulta, com problemas como relacionamentos, família, estudos e empregos, mas também com o lado positivo da união, amizade e dos românticos primeiros amores.


Após as mudanças drásticas vividas pelos protagonistas na primeira temporada, as coisas pioram para poderem começar a se arrumar: é neste cenário de adaptações e evoluções que nosso jovem elenco começa a descobrir o seu lugar no mundo - e quem estará ao seu lado nessa jornada.

A temática familiar ganha força nesta segunda fase da série, quando mães desaparecidas, pais vigaristas e problemas familiares tornam-se novas pautas a serem lidadas pelos jovens, cada qual a sua maneira, mas ainda unidos: embora as questões pessoais, sabem que podem sempre contar com o apoio um do outro para superar situações difíceis.


Assim, a confiança e a amizade se provam mais uma vez como quesitos muito importantes para sobreviver a essa fase de desafios: é difícil jogar o jogo da vida sozinho, e ter um amigo ao seu lado não deixará as coisas mais fáceis, mas tornarão as dificuldades mais suportáveis em um abraço caloroso.

Caloroso, ainda, é o clima de romance: enquanto nosso triângulo amoroso está sofrendo por algumas mudanças em sua estrutura, conforme os personagens amadurecem e descobrem mais sobre si mesmos e sobre como se sentem em relação àqueles ao seu redor, o próprio trailer da segunda temporada exibe o nascimento de um casal secundário que, convenhamos, já era esperado e até mesmo shippado desde os episódios inciais.


É em Hun e Garin, ainda, que temos os momentos mais icônicos da temporada: os personagens são tidos como alívio cômico devido a suas personalidades originais e brincalhonas, mas nem por isso são superficiais. Acompanhar o amadurecimento deles e de seu relacionamento torna o drama ainda mais agradável.

Mas não espere grandes reviravoltas: Primeira Vez Amor é um drama juvenil do estilo mamão com açúcar, para passar o tempo e relaxar, sem compromisso de revolucionar a dramaturgia coreana. Isso, entretanto, não quer dizer que ele seja ruim, chato ou simplório: Muito pelo contrário, mesmo em meio a tanta doçura, seu enredo mostra o lado amargo da vida e traz boas mensagens e ensinamentos para inspirar os jovens espectadores - que, muitas vezes, podem se identificar com um ou mais personagens devido a proximidade do fio narrativo com a vida real. 


Fica, ainda, uma porta aberta para uma possível terceira temporada: muitas histórias ainda estão por ser contadas nesse time que, embora tenha amadurecido muito, ainda tem muito mais para viver e mostrar. Por enquanto não foi confirmada uma sequência, mas não deve demorar muito para a Netflix dar o anúncio.

Enquanto isso, ficamos na torcida para que o reencontro aconteça e possamos saber mais sobre esse time de personagens extremamente cativante que está crescendo bem em frente aos nossos olhos.

Fotos: Han Cinema

Veja também:

0 comentários