Resenha | The Flower Pot: mangá BL nacional é a coisa mais fofa de 2020

by - 20 novembro

The Flower Pot: mangá BL nacional é a coisa mais fofa de 2020 [RESENHA]

Lançado em outubro de 2020 pela Editora JBC, o mangá nacional The Flower Pot inicia o selo Start! em grande estilo com uma encantadora história boys love, uma arte extremamente fofa, páginas completamente coloridas e um método de impressão revolucionário — ainda que, financeiramente falando, não seja dos mais acessíveis ao leitor. 

A trama acompanha Pio e Hadrian, dois rapazes quietos que se conhecem quando a avó de Hadrian adoece e o garoto precisa assumir a sua floricultura. Ele está indeciso quanto a o que fazer de sua vida agora que trancou a faculdade, e o contato com o tímido Pio lhe mostrará muito mais do que os principais pontos turísticos da cidade. 


Amanda Freitas, autora da obra, conta que o mangá nasceu em um concurso de webcomics que não deu muito certo, mas que a incentivou a melhorar o projeto e levá-lo adiante — e ainda bem que o fez: The Flower Pot é uma das obras mais doces da cena de quadrinhos nacionais, tanto na história quanto em sua representação gráfica.

Com um traço extremamente fofo, uso maravilhosamente bem trabalhado de tons pastéis escuros e cenários detalhadamente desenhados, o livro te leva diretamente para alguma região tipicamente italiana, com direito a passeios pelas belezas naturais e uma grande imersão gastronômica que deixará o leitor com vontade de experimentar essa tão interessante receita de pão de alho.


Disponível tanto em edição digital quanto física, a segunda delas conta com distribuição sob demanda, ao estilo P.O.D (Print On Demand, em inglês), no qual o produto só é impresso após ser vendido para acabar com a necessidade das editoras em manterem estoques físicos, economizando espaço, papel e, consequentemente dinheiro — justamente o que o leitor sente no bolso:

Infelizmente, esse método de impressão encarece o produto, fazendo uma obra de pouco menos de 200 páginas custar R$54,90, fora o frete, o que para muitos consumidores, especialmente em uma obra que visa o público jovem, é um valor fora da realidade. Acentua-se, portanto, os prós e contras de um possível futuro de maior viabilidade P.O.D no mercado brasileiro que, ao menos nestas condições, não parece tão interessante para o cliente. 


Mas aqueles que tiverem condições de tirar esse valor do bolso podem levar para a casa a garantia de uma boa leitura: The Flower Pot é, de fato, um livro extremamente fofo e que cumpre com todos os seus prometidos quanto a um romance BL em estilo mangá, fora o prazer de ver artistas do cenário independente ganhando espaço na grande mídia nacional por meio da publicação em uma grande editora como a JBC, responsável por títulos japoneses de sucesso como My Hero Academia e Fruits Basket.

Comprando a obra pelo link acima você ajuda o Elfo Livre a se manter no ar. ♡

Veja também:

0 comentários