Primeiras Impressões — Caçadores de Demônios (The Uncanny Counter)

by - 01 dezembro


The Uncanny Counter, mais conhecido no Brasil pelo nome de Caçadores de Demônios, é o mais novo drama de comédia sobrenatural da emissora coreana OCN, exibido internacionalmente pela Netflix. Com estreia no dia 28 de novembro de 2020 e duração prevista até meados de janeiro de 2021, será que vale a pena conferir essa novidade? Eu assisti aos dois primeiros episódios e, logo abaixo, conto o que achei dessa estreia!

A trama é centrada em Su Mun, um aluno do ensino médio que tem um forte senso de justiça e acaba se metendo em problemas para livrar seu amigo dos valentões da escola. Ele sofreu um acidente quando criança que resultou em uma lesão em sua perna e grandes traumas com os quais luta diariamente. Em seu aniversário, uma luz estranha o atinge e tudo muda quando ele percebe que ganhou superpoderes e é o mais novo integrante dos Caçadores da Coreia do Sul. 

Primeiras Impressões — Caçadores de Demônios (The Uncanny Counter)

Os Caçadores, por sua vez, são quatro pessoas que, assim como Mun, receberam a missão de defender o país. Do Hana lê memórias e consegue localizar espíritos malignos. Go Motak não tem memórias, mas sua força é absurda. Chu Maeok é a mais sensível, dominando o poder da cura. Todos eles trabalham juntos em um restaurante de macarrão como disfarce. Há ainda um quinto Caçador, Choi Jang Mool, que cuida das despesas do grupo.

A cena de abertura do drama é bastante dramática, mas essencial para nos apresentar a um dos fios narrativos que serão abordados ao longo de seu desenvolvimento: a descoberta da verdade por trás do "acidente" de carro que tirou a vida dos pais de Somun sete anos atrás. Mas, fora isso, o tom dos episódios iniciais foi super alto-astral não só pelo confronto hilário de personalidades opostas neste grupo de Caçadores, mas pelo sentimento de positivismo e esperança que permeia a vida do protagonista. 

Primeiras Impressões — Caçadores de Demônios (The Uncanny Counter)

Além da comédia e fantasia, o drama coreano apresenta fortes traços de ação com intensas cenas de batalha corpo a corpo. A violência não é gratuita, fazendo parte de todo um contexto de "vigilantes" em sua luta contra os espíritos malignos e a defesa dos humanos, mas nem por isso deixa de entrar em cena como um entretenimento extra ao espectador, com lutas muito bem coreografas, a excelente expressividade facial e corporal de seus intérpretes e, ainda, uma série de efeitos especiais que ajudam a tornar as batalhas ainda mais intensas. 

Além dos Caçadores, que foram superficialmente introduzidos a fim de terem seus detalhes mais profundos revelados ao longo da narrativa e manter certo pique de suspense, o drama já apresenta alguns personagens secundários bem interessantes: os amigos de Mun são hilários, seu avô é uma fofura e sua avó traz uma carga dramática muito interessante para a narrativa do protagonista, com todas essas pessoas atuando como parte importante de sua ambições rumo a se tornar uma pessoa melhor e mais forte. 


Mesmo o trio de alunos opressores da trama ganham certa profundidade que pode ser muito bem desenvolvida ao longo dos próximos episódios, com narrativas pessoais próprias que os levam a ter essas atitudes ruim, como se fossem os Draco Malfoy da dramaturgia coreana. A tridimensionalidade dos personagens está com tudo nesse drama!

Foram apenas dois episódios exibidos até o momento desta publicação, mas suficientes para já dar a entender que Caçadores de Demônios (The Uncanny Counter) promete ser um grande drama de comédia sobrenatural, trabalhando muito bem em sua dualidade para entregar um roteiro complexo e profundo, mas ainda compreensível ao público geral e muito divertido de se assistir. 

Veja também:

4 comentários