Minari: conheça a planta coreana que dá nome ao filme

by - 26 abril

Minari: conheça a planta coreana que dá nome ao filme

Escrito e dirigido por Lee Isaac Chung, o filme Minari foi indicado a seis categorias no Oscar de 2021, mas o que significa o nome do longa-metragem?

Como é apresentado no próprio decorrer do filme, minari (미나리) é uma planta comestível. Seu nome científico é Oenanthe javanica e também é conhecida como agrião coreano, salsa japonesa, aipo da água ou aipo chinês, sendo uma planta de água originária da Ásia Oriental. 

Ela é a única planta comestível da família Oenanthe, sendo que as outras são tóxicas e, portanto, impróprias para o consumo. Na alimentação, a minari pode ser utilizada desde seus brotos jovens até as raízes, introduzida como uma verdura ou erva aromatizante que aparece em kimchi, pratos refogados ou em sopas, conforme descreve o Pelas Panelas do Mundo. O site Food 52 também destaca seu uso medicinal, com efeito desintoxicante

A planta gosta de umidade, por isso plantá-la a beira d'água é o essencial para seu cultivo. Segundo o Kimchi Mari,  "no clima coreano, ela é colhida por volta de junho e floresce de julho a setembro, depois fica adormecida no inverno". Após plantadas, as sementes demoram cerca de um ano para atingir a maturidade mais consumida. 

Minari: conheça a planta coreana que dá nome ao filme

No filme, a minari plantada representa sinal de prosperidade: enquanto Jacob (Steven Yeun) sofre para fazer sua fazenda prosperar devido ao solo impróprio para o crescimento de legumes e vegetais, as sementes de minari plantadas por sua sogra à beira de um riacho prosperam, servindo de alimento para a família. 

Traz, ainda, o significado de respeito às próprias raízes: os personagens do filme lutam desesperadamente para serem aceitos como uma família americana, mas o minari sempre presente os lembram de suas origens e de que jamais devem se esquecer de onde vieram e quem realmente são, americanos-coreanos, em uma identidade dupla que abraça ambas culturas, sem renegar seu ontem para viver um amanhã mais próspero.

Veja também:

0 comentários