Sweet & Sour: entenda o final do filme coreano da Netflix

by - 05 junho

Sweet & Sour: entenda o final do filme coreano da Netflix

Sweet & Sour é o mais novo filme sul-coreano da Netflix. Estrelado por Jang Kiyoung, Chae Soobin e Krystal, o projeto é uma comédia romântica com toques de melodrama sobre o triângulo amoroso de um homem, Jang Hyuk, dividido entre duas mulheres: Jung Daeun, sua namorada, e Han Han Boyoung, sua intrigante colega de trabalho. 

No entanto, o filme traz um plot-twist que deixou algumas pessoas confusas mas, para entender o final de Sweet & Sour, precisamos traçar uma linha do tempo: a grande jogada do filme é que ele não é linear. 

Começando do final

O filme começa nos mostrando como Jung Daeun conheceu Jang Hyuk no hospital. O jovem rapaz, recém contratado por uma empresa como engenheiro, está internado com hepatite e é muito bem cuidado pela enfermeira Daeun, que acaba desenvolvendo sentimentos por ele.  

Nesses primeiros 20 minutos de filme, Sweet & Sour nos dá a entender que Jang Hyuk, que era um rapaz gordo, emagreceu após ganhar um par de tênis esportivos de Daeun. Ele fala que irá se esforçar para emagrecer, então quando o personagem aparece magro, nenhum espectador desconfia que, na verdade, é outro personagem entrando em cena.  

Sweet & Sour: entenda o final do filme coreano da Netflix

Os dois Jang Hyuk

Jang Hyuk, na verdade, nunca emagreceu. A realidade é que existem dois Jang Hyuk: o gordinho, que foi o paciente de Daeun no hospital e com quem ela tem se relacionado nos últimos três meses, e o magro, que já era seu namorado há um ano e sete meses e com quem morava junto.

A relação de Daeun com seu namorado estava esfriando, e a jovem acabou encontrando conforto no cotidiano com seu paciente que, coincidentemente, tem o mesmo nome e profissão de seu namorado. O roteiro perfeito para confundir o espectador.  Só que existe uma diferença implícita: o paciente se chama, na verdade, Lee Jang Hyuk, com o sobrenome Lee, enquanto o namorado é apenas Jang Hyuk.

Quem traiu quem? 

Ao longo do filme todo, Sweet & Sour nos faz entender que Jang Hyuk é quem está começando a trair Daeun, já que ele está desenvolvendo sentimentos por sua colega de empresa, cujo relacionamento começou a partir do clichê enemy to lovers. Em determinado momento do filme, Jang Hyuk até chama Daeun de Boyoung, deixando sua namorada perplexa. 

Sweet & Sour: entenda o final do filme coreano da Netflix

Já cansada de Jang Hyuk, cada vez mais ausente, e apaixonada por Lee Jang Hyuk, seu paciente, Daeun decide terminar as coisas com seu namorado ao sair do carro. No entanto, neste ponto do filme, o espectador ainda acreditava que Jang Hyuk era a mesma pessoa, o que torna a cena ainda mais interessante.

Enquanto Jang Hyuk corre para os braços de Boyoung e decide começar um relacionamento com sua colega de trabalho, ninguém imaginava que Daeun também já tinha um outro pretendente em cena. A pergunta "quem traiu quem?", então, é um pouco rasa para responder tudo o que está acontecendo no filme. 

A grande questão de Sweet & Sour não é quem traiu quem, mas sim mostrar um retrato verdadeiro de como um relacionamento por vezes se desgasta e, nem sempre, é apenas um lado da história o culpado por seu término. Tanto Daeun como Jang Hyuk já não sentiam mais a faísca um pelo outro, mas se sentiam presos a um relacionamento de mais de um ano, com medo de colocar um ponto final em sua história.

Ao acaso, os personagens foram conhecendo pessoas com quem se conectam melhor nessa nova fase de suas vidas, sem sequer imaginar que o outro também estava dando início a um relacionamento com outra pessoa também. A discussão no carro foi apenas a gota d'água para Daeun perceber que seu relacionamento com Jang Hyuk estava acabado e poder, finalmente, tentar ser feliz ao lado de Lee Jang Hyuk. 

Sweet & Sour: entenda o final do filme coreano da Netflix

O encontro dos Jang Hyuk

Somente nos últimos momentos do filme é que os dois Jang Hyuk se encontram, quando o ex-namorado resolve ir ao encontro de Daeun até o aeroporto, acreditando que ela o esperava para viajarem a Jeju no Natal, como haviam planejado quando ainda estavam juntos.

Só que, assim como o espectador, Jang Hyuk não fazia ideia de que a vida de Daeun já estava em outra página, e se surpreende ao vê-la com outro rapaz. Este foi, para ele, o ponto final de seu relacionamento com Daeun, enquanto, para ela, a história já havia acabado muito antes. 

Brincando com o espectador

Ao longo de todo o filme, Sweet & Sour nos leva a acreditar que Jang Hyuk é um namorado tóxico: cansado de seu trabalho, ele chega em casa sem vontade de ficar com sua namorada e, conforme se aproxima de sua colega de trabalho, acaba desenvolvendo sentimentos por ela e deixando Daeun cada vez mais de lado, ainda que nunca, de fato, a tivesse traído fisicamente.

Com essa visão unilateral, o espectador sente o plot-twist quando descobre que Daeun não é apenas uma mulher indefesa que ficou em casa lamentando a falta de seu amado. Muito pelo contrário: quando percebeu que seu relacionamento estava esfriando, Daeun não se segurou em se agarrar à oportunidade de ser feliz ao lado de outra pessoa. 

Isso não elimina o fato de que Jang Hyuk não se esforçou em fazer Daeun feliz: ele, de fato, errou ao não ser sincero em suas intenções com ela. Mas revela que a Daeun também não ficou a mercê de um namorado ausente e foi procurar a atenção que tanto precisava em outros braços. Toda história tem dois lados, e Sweet & Sour trata do assunto com mestria. 

Veja também:

18 comentários

  1. Amei sua visão do filme! Concordo desde a primeira palavra até a última.

    ResponderExcluir
  2. MULHEEERRR, ACABEI DE ASSISTIR!

    Procurei no Google uma critica sobre o filme para ver se eu entendi tudo certo e me deparo com seu post. AMEEEIII!!! E com o seu ponto de vista eu vejo que foi isso mesmo, mas confesso que ainda iria ter um outro final KKKKKK. Felizmente não, para o bem deles. Mas será que ainda não voltam? Terminou assim tão... sei lá, com uma dúvida no ar. Gosteiii.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SIIIM! Esse final foi muito enigmático com ela embarcando com Lee meio pensativa e o Jang hyuk também viajando para jeju com a Bo Young

      Excluir
  3. Entendi o que vc disse mas não percebi que ela estava feliz. A protagonista estava triste no final. Dá a entender que eles ainda se amam, ou pelo menos ela o ama. Ele foi muito frio com ela, estava claro isso, ela estava percebendo o que esatva acontecendo. O outro foi só um "prêmio de consolação"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, acho que ela estava carente e sensível por causa da gravidez e procurou no lee preencher o vazio.

      Excluir
  4. Eu achei também que no final ela não estava tão feliz é que ainda tem sentimentos pelo ex. Sem falar que ele foi tóxico sim, deixando ela grávida sem nenhuma esperança de o seu filho ter o pai presente. Ele não se importa com a gravidez dela. Só achei legal porque ela não ficou esperando alguma consideração dele para com ela e o filho.

    ResponderExcluir
  5. Adorei a sua critica ao filme!
    Eu achei o ex namorado dela bem tóxico e confesso que passei um pano bem bonito aqui para a traição dela kkkkkkkkkkk mas enfim, os dois estavam errados e no final os dois ficam tristes, ele fica desesperado e se joga na colega legal com a aliança (devo confessar que não senti aquelaaaa química entre eles desde o início), e ela fica com uma cara no final parecendo que ganhou um par de meia de presente de natal quando vai viajar com o novo namorado.

    ResponderExcluir
  6. como sou ruim pra entender as coisas eu não notei, e achei que ele tinha voltado no passado. kkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TBM kkkkk até considerei q ela era uma pessoa "anormal"pq passou umas cenas deles,parecia q era tipo um ciclo kkkk🤡 acho q era como eles realmente se conheceram.

      Excluir
  7. mas no final eu entendi q aparentemente eram outras pessoas, porem eu precisava achar algo que explicasse aquele final kkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  8. Gente,eu só fiquei na dúvida se ela ficou com o bebê ou se fez um aborto. Pq a cena que ele pega folga pra ficar com ela, mas depois resolve ir trabalhar, ela diz que está bem, sem dor, só um pouco triste. E na discussão do carro dá a impressão que estão falando do bebê no passado, como se ele não existisse mais. Alguém saberia me dizer se fica explícito?

    ResponderExcluir
  9. Fico me perguntando se ela aborto, se ela contou no lee etc....

    ResponderExcluir
  10. Pessoal! Comecei assistir e aos 34 min. resolvi passar para o final kkk, mas como não assisti não entendi nada, então decidi procurar a Sinopse e encontrei vários comentários os quais me trouxeram outra visão do filme, agora preciso encontrar ânimo para assistir todo o filme. Mas obrigada pelos comentários.

    ResponderExcluir
  11. Amei o filme acabei de assistir, mas com certeza a culpa maior foi do namorado, ela tentou ainda reaquecer o relacionamento, ele vivia reclamando que estava cansado, quando ele foi pra nova empresa não a contatou, avisou quando já tava tudo certo pra ele ir, não demonstrou felicidade quando ela disse que tava grávida, tanto que no final ela começa a pensar nos erros que cometeu e tentar entender qual daqueles erros fez o relacionamento dar errado, mas vdd era tudo, tudo o que ele pensou foi o que ele fez pra lascar com o relacionamento, ele n se empenhava o bastante para estar com ela, na vdd ele só estava por obrigação e não por amor, quem namora a distância sabe que é difícil mas se tem amor nada é impossível, eu achei que em algum momento ele iria largar aquele emprego e voltar ao antigo e ficar com a mulher dele, mas n, ele esperou quebrar a cara, n foi efetivado e ainda ficou sem a namorada e sem a amante, ele traiu a namorada primeiro, a mina flertava e ele correspondia às vezes,deixou de sair com a namorada para ficar com a amante, a melhor coisa que ela fez foi dar um basta nessa situação ainda mais quando ele a chama pelo nome da amante, porém o final ela fica meio triste então ainda deve ter sentimentos pelo ex.

    ResponderExcluir