A curiosa comida de Viagem de Chihiro existe na vida real?

by - 23 agosto

Animador de A Viagem de Chihiro entrega segredo sobre a comida do filme

Lançado em 2001, o filme A Viagem de Chihiro é uma animação tão querida pelo público e pela crítica que se tornou vencedor do Oscar de Melhor Filme de Animação. Com roteiro e direção de Hayao Miyazaki, a obra do Studio Ghibli sempre deixou os fãs curiosos quanto a uma das cenas, com uma misteriosa comida que parece ser apetitosa, e a receita secreta foi finalmente revelada!

Em setembro de 2020, Hiromasa Yonebayashi, que trabalhou como animador em A Viagem de Chihiro e dirigiu O Mundo dos Pequeninos pelo mesmo estúdio, revelou em seu Twitter qual é a refeição apreciada pelos pais de Chihiro logo antes de serem transformados em porcos. Segundo sua sequência de tweets, o popular prato do filme é estômago de celacanto.


"Para a comida gelatinosa que o pai de Sen está comendo, estava escrito 'estômago de celacanto' no storyboard. [...] Talvez tenha sido escrito nos layouts do diretor Miyazaki? A propósito, esses quadros-chave foram corrigidos para que parecessem três vezes mais irregulares", diz a tradução do Grape Japan das partes sobre A Viagem de Chihiro na thread do animador. 

Animador de A Viagem de Chihiro entrega segredo sobre a comida do filme
Bawan (Foto: Wikimedia Commons)

Anteriormente, haviam rumores de que o prato em questão seria o Ba-Wan, uma iguaria da culinária de rua taiwanesa que tem aparência gelatinosa e semelhante ao do filme japonês. No entanto, com a resposta de Hiromasa Yonebayashi, sabemos agora que embora parecidos, os dois pratos não são o mesmo.

O celacanto, que significa "coluna oca", é uma classe de peixes presente no profundo do Oceano Índio Ocidental e que conta com várias espécies já extintas desde o período devoniano. Graças aos fósseis que datam mais de 400 milhões de anos, esses peixes ficaram conhecidos como fósseis vivos.  

Celacato (foto: Wikimedia Commons)

Além de estarem listados na lista de espécies que correm risco de extinção, o consumo de celacanto não é recomendado "porque sua carne contém grandes quantidades de óleo, ureia, ésteres de cera e outros compostos que lhes dão um sabor desagradável e podem causar doenças", segundo o Wired.

Portanto, você não irá encontrar receitas com esse peixe por aí, visto que o prato presente em A Viagem de Chihiro, um filme de fantasia, não existe ou sequer seria possível na vida real pelas características não-consumíveis do celacanto. Mas, a termos de curiosidade, é interessante que um dos principais mistérios por trás de A Viagem de Chihiro chegou ao fim quase 20 anos após a estreia do filme. 

Veja também:

0 comentários