Intrínseca publicará 'Kim Jiyoung, Born 1982' no Brasil em março de 2022

04 fevereiro

Intrínseca publicará "Kim Jiyoung, Born 1982" no Brasil em 2022

"Kim Jiyoung, Born 1982", um dos livros coreanos mais polêmicos e igualmente popular dos últimos anos, finalmente chegará às livrarias brasileiras! Segundo tweet do portal Sem Spoiler, a editora Intrínseca publicará a cobra de Cho Nam Joo no Brasil em março de 2022, sem data definida ou mais detalhes divulgados até o momento, como arte de capa e tradutor responsável. 

Segundo sinopse da edição em inglês, "Kim Jiyoung, Born 1982 segue a deterioração psíquica de uma mulher diante da misoginia desenfreada. Em um apartamento arrumado nos arredores de Seul, a millennial Kim Jiyoung passa seus dias cuidando de sua filha recém-nascida. Mas aparecem sintomas estranhos: Jiyoung começa a personificar as vozes de outras mulheres, vivas e mortas. À medida que ela mergulha mais fundo nessa psicose, seu marido preocupado a leva a um psiquiatra. Jiyoung narra sua história para este médico – desde seu nascimento, pais que esperavam um filho, professores do ensino fundamental que policiavam as roupas das meninas e até mesmo colegas de trabalho do sexo masculino que instalavam câmeras escondidas nos banheiros femininos. Mas seu psiquiatra poderá curá-la, ou mesmo descobrir o que realmente a aflige?"


Em 2019, o livro foi transformado em filme estrelado por Jung Yumi (Enfermeira Exorcista) e Gong Yoo (Goblin). Embora elogiado pela crítica, o filme não foi bem recebido por grupos antifeministas da Coreia do Sul, que chegaram a fazer petições on-line pedindo ao presidente para barrar o filme ou dando notas baixas em sites de avaliação mesmo antes de seu lançamento. 

Irene, do grupo de k-pop Red Velvet, sofreu fortes represálias de grupos misóginos coreanos quando revelou ter lido Kim Jiyoung, Born 1982. 

Mais informações sobre o lançamento no Brasil devem ser divulgadas em breve.


Leia também:

0 Comentários:

Assista no YouTube