Escolha do editor

5/random/post-list

Ad Code

Anúncios

American Born Chinese | Criadores falam sobre como foi adaptar a graphic novel

American Born Chinese | Criadores falam sobre como foi adaptar o livro

American Born Chinese, nova série do Disney+ que tem chamado a atenção por reunir o elenco de Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo, é baseada em uma história em quadrinhos de mesmo nome, publicada aqui no Brasil como O Chinês Americano. Em entrevista recente ao site Screen Rant, o autor Gene Luen Yang, o produtor Melvin Mar e o showrunner Kelvin Yu falaram sobre o processo de adaptação. 

A obra chegou às livrarias dos Estados Unidos em 2006 e, no mesmo ano, Melvin Mar leu e se interessou em adaptar para live-action. No entanto, Gene não estava interessado, e continuou assim por uma década, até finalmente se sentir pronto para ver sua graphic novel ganhar as telas. Na entrevista, ele explica seus medos:

"O livro saiu em 2006 e acho que houve resistência de ambos os lados. Havia resistência de Hollywood em relação a histórias que tinham protagonistas asiático-americanos, e também havia resistência interna em mim. Eu estava especificamente assustado. Eu tenho um personagem chamado Primo Chin-Kee no livro, que é um amálgama de todos os estereótipos negativos com os quais cresci quando criança. Fiquei apavorado que, se fosse adaptado, os clipes desse personagem apareceriam no YouTube completamente descontextualizados, e seria um pesadelo. Eu simplesmente não queria fazer isso."

"No início, eu realmente recebi um pouco de interesse de um grande estúdio. Quando insisti, percebi que eles estavam interessados porque as Olimpíadas de Pequim estavam chegando e eles queriam algo com a palavra chinês no título para coincidir com isso. Depois disso, eu fiquei tipo, "esse pessoal de Hollywood", entende o que quero dizer? Fiquei apavorado com isso e, eventualmente, conheci Melvin, e então Kelvin deu uma solução para aquele medo que eu tinha. Eu estava tipo, "Oh, isso é realmente muito inteligente", então nós seguimos em frente."

Na contagem regressiva para a estreia da série de American Born Chinese, o showrunner Kelvin Yu explica que a adaptação do livro exigiu três grandes coisas: "Um deles foi atualizá-lo até os dias atuais porque o livro realmente se passa vagamente nos anos 80 e 90. Então, a estrutura do livro é única e importante para o livro, mas você não pode necessariamente enviar isso para a TV. Em terceiro lugar, o problema do primo Chin-Kee".

Ele fala sobre papéis problemáticos sob um ponto de vista pessoal: 

"Só para responder especificamente a isso: como ator, meu primeiro papel foi um papel problemático. Eu interpretei um nerd do ensino médio chamado Freddy Gong. O resumo é: “E se pegássemos a conversa problemática em torno do primo Chin-Kee e apenas colocássemos no programa, e nós apenas o dominássemos?”. Fizemos do primo Chin-Kee um personagem de TV dos anos 90 que era problemático, então podíamos apenas falar sobre isso na tela. Essa foi a solução que encontramos e funcionou muito bem. Então encontramos Ke Huy Quan." 

American Born Chinese chega ao catálogo do Disney+ no dia 24 de maio de 2023, com Stephanie Hsu, Ke Huy Quan e Michelle Yeoh no elenco principal. Confira o teaser trailer logo abaixo: 


Siga @elfolivreblog para mais novidades!

Postar um comentário

0 Comentários

Anúncios 2

Ad Code