Welcome e a reinvenção do clichê “conhecidos de infância”

by - 31 março


Os dramas sul-coreanos dos últimos anos foram bombardeados pelo clichê de casais que se conheceram na infância, e embora Welcome também caia nessa linha, fez questão de reinventar a narrativa em uma mistura com fantasia. Entenda, mas cuidado com os spoilers:

Também conhecido como Meow, The Secret Boy, não demorou muito para o drama apresentar, ainda em seus episódios de estreia, um pouco da história de Sol Ah (Shin Yeeun) e seu novo gato de estimação, Hong Jo (Kim Myungsoo), que tem a habilidade de se transformar em humano. Anteriormente chamado de Sergei Rachmaninoff, era um presente dado por Jaeseon (Seo Jihoon) a sua ex-namorada, que o devolveu após o término do relacionamento de dez meses.


Entretanto, sem saber, o gatinho e sua nova humana já haviam se visto anteriormente no passado, quando o bichano, ainda filhote, assumiu a forma de uma criança que foi ajudada pela protagonista. Eis uma reestruturação do clichê já muito batido nas narrativas coreanas, que ainda promete muitas reviravoltas:

Na época, Sol Ah já era adulta, e outros elementos presentes na história, como a barraquinha de bungeoppang (doce de feijão em formato de peixe) e seus vendedores ou mesmo o curto período em que durou o relacionamento de Jaeseon, levam o público a entender que apenas alguns meses se passaram entre as duas eras. Entretanto, quando é adotado, o felino já está em uma idade jovem-adulta, tal como sua versão humana.


Um gato bem cuidado vive, em média, 16 anos. Segundo o site Perito Animal, sabe-se ainda que um gato de dois anos teria, em idade humana, aproximadamente 24 anos, o que explica o rápido crescimento de sua versão bípede, mas leva a outro questionamento: isso significa que Hong Jo viverá menos que um humano "normal"? 

Toda comédia romântica tem um momento dramático em seu desenvolvimento e, embora ainda seja muito cedo para propôr teorias sobre os próximos episódios, é viável supor que o avanço da idade do personagem venha a ser um assunto preocupante para o casal iminente. Entretanto, ainda há muito a ser explorado nessa trama, como a possibilidade de se tornar integralmente humano e, portanto, superar tais adversidades.


O que não dá para negar é que Sol Ah e  Hong Jo estão destinados a ficarem juntos, e por mais que possa parecer improvável nessa fase inicial da narrativa, sabemos pela estrutura básica dos dramas do gênero que o seu final já está definido e será feliz.

Para saber como esse romance irá se desenvolver, assista aos novos episódios de Welcome toda quarta e quinta-feira pelo KOCOWA.

Veja também:

0 comentários