Líder do Teen Top expõe descaso da Top Media com o grupo

by - 05 abril


Bang Minsoo, mais conhecido pelo seu nome artístico de C.A.P, é o líder do grupo sul-coreano Teen Top, um dos últimos da segunda geração do k-pop que continua em atividade. Entretanto, em uma live recente em seu canal no YouTube, o artista revela que a situação do grupo não está tão boa, expondo o descaso de sua agência, a Top Media.

No dia 29 de março, Minsoo abriu uma transmissão ao vivo em seu canal no YouTube, 방가스튜디오 (BangGa Studio) para desenhar enquanto conversava com os fãs, e acabou utilizando o momento para desabafar as injustiças que ele e seu colega de grupo estão sofrendo na empresa.


Uma fã, com o nome de usuário leexeseul, estava fazendo a tradução em tempo real do coreano para o inglês por meio do chat da transmissão. Segundo o que foi relatado, Minsoo disse que o Teen Top tem ganhado somente o equivalente a cerca de R$300 por mês e a Top Media não os dá trabalhos como os artistas que são.

"Não estamos trabalhando, não temos nenhum outro trabalho além de coisas superficiais. Se não trabalharmos, não podemos ganhar dinheiro. Então, em um mês... quanto ganhamos? Nós ganhamos 70 mil wons (cerca de R$300) da nossa empresa. Precisamos nos defender primeiro. Como um time, não há nada que possamos fazer. Precisamos cuidar de nós mesmos agora."

Minsoo diz, ainda, que a empresa está incentivando que eles sejam mais ativos no YouTube: "Eu não tenho trabalhado muito nesses dias, então estou lutando por dinheiro e vou fazer mais streams. As outras crianças [integrantes do Teen Top] estão transmitindo somente uma vez por semana. Nós prometemos à empresa que faríamos transmissões ao vivo ao menos uma vez na semana, mas acho que farei com mais frequência. Eu não posso fazer trabalhos de meio período porque minha empresa não me dá nada, então farei mais streams.".

Em outra transmissão, Minsoo fala mais sobre como os integrantes do Teen Top estão sobrevivendo sem trabalho:


Ele disse que mantém contato com Chanhee (nome verdadeiro do integrante Chunji) via Kakao Talk, mas que seu colega de grupo deixou de gravar vídeos para o YouTube devido a falta de dinheiro.

"Eu acho que o Chanhee saiu do YouTube porque, sempre que ele gravava, custava muito dinheiro. Ele precisava fazer maquiagem, alugar um estúdio e então pedir alguém editá-lo. Todas essas coisas custam muito dinheiro. Mas seu canal é um canal de covers. Quando ele canta alguma música o lucro vai para a pessoa que possui os direitos autorais, então não dá dinheiro.", comenta C.A.P.

Ele também fala sobre outros integrantes, como Ricky, Niel e brevemente sobre Changjo:

"O Changkyun ainda está postando? Acho que o Ricky também não tem postado muitos. Ricky também deixa outra pessoa editar seu vídeo, então ele precisa pagar ao editor por cada vídeo e ele não tem dinheiro. Todo mês ele tem que pagar o editor, mas o canal no YouTube não está indo bem e não está pegando visualizações, então está procurando por outra pessoa."

C.A.P continua: "Niel e Ricky usam o mesmo editor, mas o Niel tem mais visualizações então está indo tudo bem, mas o Ricky não pode pagar pelo editor. Changjo edita sozinho pelo celular, então ele não gasta dinheiro, mas precisa se esforçar muito."

Ainda na mesma conversa, Minsoo também fala sobre seu próprio canal: "No meu caso, minha família me ajuda, nós todos dividimos o trabalho, então não gasto dinheiro para fazer vídeos no YouTube. Eu não preciso investir dinheiro para fazer isso, então vou continuar."

Em outro momento da transmissão, o artista também revela o motivo pelo qual se afastou das redes sociais: "Parece que está todo muito feliz, menos eu. Antes eu usava mais, mas agora nem tanto".

Minsoo tem trabalhado como artista plástico, vendendo e expondo quadros em galerias. "Minhas obras de arte estão começando a vender um pouco, então posso usar um material melhor e estou feliz com isso. [...] Não tenho vergonha de vender [minha arte]"

Entretanto, nem sempre é um trabalho fácil: "A professora de artes me perguntou quando eu vou terminar esse padrão, eles disseram que eu deveria contratar um assistente, mas não tenho [dinheiro] o suficiente para isso então vou fazer tudo sozinho", comenta no começo da live.

Embora a situação atual do Teen Top não seja muito favorável, como o próprio Minsoo descreve, o grupo ainda está oficializado como em atividade, a Top Media ainda não se manifestou sobre o que foi divulgado pelo integrante, mas Minsoo já fala como se não fosse mais um idol:

"Acho que mais que um idol, me sinto mais próximo como artista. Eu ouvi boas notícias, então posso comer bem hoje. Eu posso comprar comida, mas não posso parar de fazer arte", comenta em um dos momentos da live.

Em outro, diz: "Antes, quando eu era um idol, eu não precisava de cartão de visita porque as pessoas podiam só pesquisar sobre mim na internet, mas agora nós [artistas] somos apresentados uns aos outros, então trocamos mais cartões".


Administrados pela Top Media, o grupo Teen Top teve sua estreia em julho de 2010 e fez muito sucesso com músicas como Supa Luv, Clap, Miss Right e Rocking. L.Joe deixou o grupo em 2017, e o Teen Top continuou a promover como um quinteto formado por C.A.P, Chunji, Niel, Ricky e Changjo.

O trabalho mais recente do grupo foi o álbum DEAR.N9NE, lançado em junho de 2019, do qual promoveram a faixa Run Away. Alguns integrantes também possuem carreiras solo, mas as promoções têm sido escassas.

A honestidade de Minsoo em suas últimas transmissões chocou fãs do atualmente quinteto, que não imaginavam que a situação dos idols fosse tão lamentável. Angels (fandom do grupo) e outros fãs de K-POP estão se unindo nas redes sociais com as tags #엔젤는_항상_틴탑과_함께e #TeenTopProtectionSquad, pedindo por melhor tratamento ao Teen Top.

Veja também:

0 comentários