Hospital Playlist: mais que um drama médico, uma história de vida

by - 17 junho


Hospital Playlist conquistou não só o público coreano, mas de todo o mundo. Lançado pela tvN entre os meses de março e maio de 2020, o drama teve sua exibição global realizada pela Netflix e promete voltar para duas temporadas nos próximos anos. 

Nesta primeira fase da trama, acompanhamos a história de cinco amigos que se conheceram durante a faculdade de medicina, em 1999, e hoje trabalham juntos em um hospital, embora cada qual em sua própria especialização. Seus turnos agitados são intercalados por problemas pessoais, romances e muita música, enquanto tocam em uma banda de covers de sucessos coreanos dos anos 90/2000


Com cenas tanto no passado quanto nos dias atuais, lembra em muito os dramas da trilogia Reply (também conhecida por alguns como Answer Me), e não é a toa: Hospital Playlist conta com o mesmo diretor e roteirista, respectivamente Shin Wonho e Lee Woojung. A produção também tem um segundo nome, Wise Doctor Life, colocando-o como a segunda parte da franquia Wise Life, que estreou com Prison Playbook (Wise Prison Life) em 2017.

Além da música, das cirurgias complexas e dos atendimentos dramáticos que mostram o lado humano por trás dessa tão necessária profissão, o amor ganha destaque ao cercar de pretendentes a protagonista Chae Songhwa, neurocirurgiã e única mulher do quinteto. Além de seus amigos, um de seus residentes também entra em cena na disputa pelo coração da doutora que, ao menos inicialmente, só parece ter espaço para o seu trabalho.


Os personagens masculinos, entretanto, também possuem suas próprias problemáticas individuais: um quer virar padre, outro é pai solo, um terceiro está namorando escondido a irmã de seu melhor amigo e o quarto só quer ver a mãe livre de um casamento abusivo. Acompanhar cada uma dessas problemáticas é tão interessante quanto acompanhar seu dia a dia no hospital, e o que não falta neste drama é emoção.

É possível, ainda, aprender um pouco sobre as especializações apresentadas: neurologia, cardiologia, cirurgia geral, pediatria e ginecologia. Seja influenciado por seu personagem preferido ou por aspectos externos a Hospital Playlist, o espectador acaba se envolvendo mais com uma ou outra área de atuação, além de se sensibilizar com os casos narrados.


Muitos fãs podem comentar que Hospital Playlist é uma versão coreana melhorada de Grey's Anatomy, mas quem conhece outros títulos de k-dramas sobre medicina já sabe que a Coreia também é excelente em produzir esse tipo de conteúdo, a ponto de The Good Doctor (2013) dar origem à popular série homônima com Freddie Highmore.

Isso porque essas histórias são muito mais do que um drama ambientado em um hospital. É o retrato de uma profissão e de seus profissionais que, embora possamos nos esquecer, são humanos imperfeitos como todos nós. É uma história de vida sobre como conciliar profissão, lazer e intimidade, mas também a aceitar os cruzamentos entre as diversas áreas da vida.


Pela amizade entre os protagonistas, a confiança intrínseca entre eles, Hospital Playlist nos lembra de ver a alegria nas pequenas coisas. A importância de uma boa refeição, de estar ao lado de quem você ama, de cantar uma música antiga para aliviar o estresse de um turno difícil ou até mesmo em algo tão simples como poder tirar uma sonequinha para recuperar as energias. É uma história sobre valorizar a vida. E essa história ainda não acabou.

A segunda temporada é esperada para estrear em 2021 com o mesmo elenco, mas sua data exata de lançamento ainda não foi divulgada pela tvN ou Netflix. Mais novidades devem começar a sair somente nos meses próximos a sua estreia. Enquanto isso a primeira temporada, completa em apenas 12 episódios, pode ser assistida legendada pela plataforma de streaming

Veja também:

0 comentários