Surtada na Dieta: amor próprio e emagrecimento saudável em manhwa

by - 16 junho


Escrito por Neonb e ilustrado por Caramel, Surtada na Dieta (다이어터) é um manhwa publicado em formato físico no Brasil pela Editora Conrad, em 2015, com tradução de Juliana Oh. Como o próprio texto na orelha do livro sugere, "A leitura pode não garantir perda de peso, mas garante diversão!". 

A trama acompanha a história de Sujee, uma jovem de 25 anos que sempre foi gordinha por comer compulsivamente. Pensando em sua saúde e em poder vestir roupas mais bonitas, começa sua jornada rumo ao emagrecimento de forma saudável, contando com a ajuda de um personal trainer picareta que vai virar seu cotidiano de cabeça para baixo. O desafio? Escapar dos lanchinhos oferecidos por seu chefe — que gosta de Sujee por ela ser gorda, assim como ele.


A Coreia do Sul, com seus padrões de beleza surreais, é de fato um país gordofóbico. Surtada na Dieta, entretanto, busca fugir dos preconceitos ao retratar cuidadosamente os cuidados necessários para, ao contrário do sugerido pelo título, não surtar na dieta: Sujee sofre com dietas malucas e propagandas enganosas nas primeiras páginas não só pela comicidade da obra, mas a fim de desmascarar toda uma indústria que lucra em cima de garotas como ela, desesperadas para emagrecer.

Em paralelo à narrativa de Sujee, uma trama muito divertida surge entre as páginas ao mostrar como as gorduras, músculos e outras partes de nosso corpo, acostumadas a uma alimentação descontrolada, reagem a uma nova dieta mais saudável. A obra traz, ainda, algumas dicas reais de emagrecimento e um flip-book com exemplos de alongamentos e exercícios que podem ser facilmente seguidos pelo leitor.


Para os fãs de dramas coreanos, a história lembra bastante Oh My Venus (2015), estrelado por Shin Mina e So Jisub: o emagrecimento saudável é mais importante do que a obtenção rápida dos resultados, enquanto a protagonista volta a ter amor próprio, seu personal trainer também aprende mais sobre a vida, o amor e seu próprio trabalho também. 

Somente o primeiro volume conta com 320 páginas, mas a leitura é bastante dinâmica e passa voando. Os manhwas, nome que se dá aos mangás coreanos, são diferentes das obras japonesas principalmente em sua apresentação, com as páginas totalmente coloridas. Os traços variam entre os artistas, mas Surtada na Dieta apresenta uma arte fofa e despretensiosa, que conversa bastante com o público feminino e mais jovem, principalmente. 


Infelizmente a publicação no Brasil nunca foi concluída: não se sabe exatamente a que pé se encontra a Editora Conrad, mas nada é publicado há anos por eles e Surtada na Dieta acabou sendo um dos títulos prejudicados. São apenas três volumes, mas apenas o primeiro foi lançado e a obra segue incompleta no mercado brasileiro a mais de cinco anos, sem previsão de atualização.

Aos leitores que não se importam com a possibilidade de nunca conhecer o fim da história de Sujee e sua jornada rumo ao emagrecimento, Surtada na Dieta é uma obra que vale a pena ser lida: se você também for gordinha, como eu, vai se identificar com Sujee e até se motivar a acompanhá-la em sua empreitada; se você for magra, ler essa HQ te dará uma compreensão de como é a luta diária das meninas fora do padrão estético.

O volume um de Surtada na Dieta pode ser encontrado em diversas livrarias, sebos e lojas especializadas de todo o Brasil, tanto físicas quanto on-line, como na Amazon.

Veja também:

0 comentários