REDSQUARE: ame meu talento, não minha beleza

by - 11 junho


O quinteto feminino REDSQUARE acaba de realizar seu debut no cenário do K-POP com ColorFull, uma mistura de música boa com conceito engenhoso de não mostrar o rosto durante todo o MV, quase como se as integrantes dissessem "ame meu talento, não minha beleza". 

Apesar das faces das integrantes já serem conhecidas de fotos promocionais do grupo, como na imagem acima, seu primeiro clipe oficial apresenta diversas formas de censuras para não mostrar o rosto das integrantes, usando um verdadeiro show de luzes, ângulos e acessórios que mexem com o imaginativo do público, elevando as teorias quanto à crítica presente em sua música. 

"Qual é a sua cor verdadeira?
[...] 
Eu posso ser rosa
Eu posso ser lilás
Eu posso ser verde
Sim, eu sou colorida
Qual é a sua cor verdadeira?
Não se preocupe, todas as cores combinam com você." 

A cor, na música, é uma referência a personalidade: quem é o seu eu de verdade? A letra romântica diz que uma pessoa colore a outra, preenchendo sua cara-metade com suas próprias cores, com suas próprias emoções, e se deixando serem preenchidas também. Juntas, pessoas de cores diferentes criam novos tons. Se complementam.


Entretanto, na mesma letra as meninas do REDSQUARE afirmam serem coloridas, trazendo diversos talentos com sua música, e é aí que a letra se choca com o clipe: basta a cor de suas vozes, de seus raps e de suas coreografias on-point para provarem que são um grupo que merece a atenção do público.

Trabalhando vendadas, como na cena retratada no gif acima, provam que seus talentos vão muito além do que os olhos podem ver. Sua aparência é apenas um plus: elas podem ser de qualquer cor, de qualquer aparência, o que importa de verdade é a essência.

E se você ainda não viu essa estreia marcante no cenário do k-pop, confira o clipe oficial da faixa ColorFull logo abaixo:



O que achou do debut do REDSQUARE?

Veja também:

0 comentários